Press "Enter" to skip to content

Homem armado invade sede da Globo, faz repórter refém e grita chamando a jornalista Renata Vasconcelos

A sede da Rede Globo no Rio de Janeiro foi invadida por um homem armado na tarde desta quarta-feira (10). Ele entrou aos gritos dizendo que queria falar com a Renata Vasconcelos, da bancada do Jornal Nacional.

Segundo informações, ele manteve a repórter Marina Araújo refém, e teria entrado no prédio gritando ‘Globo lixo’. A emissora acionou a polícia, que após negociação conseguiu a liberação da repórter.

Até pouco antes das 17h, não havia a identificação do homem, de aproximadamente 30 anos. Armado com uma faca, ele teria invadido a sede que fica no Jardim Botânico.

A polícia não informou ainda qual teria sido a motivação do invasor, se havia questões políticas ou se era um fã com problemas mentais.

Ele foi contido e levado para o 14º Departamento de Polícia no Leblon. O comandante do 23º Batalhão da Polícia Militar fez as negociações até a chegada do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar.

No final da tarde, a emissora emitiu uma nota informando que a invasão não teve motivação política. A TV Globo disse que ‘repudia com veemência todo tipo de violência’ e que o ato foi praticado ‘sem nenhuma conotação política’.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *