Menu...

21 de novembro de 2018

Família de mulher encontrada morta na Avenida Maranhão pede justiça: “Ela era amável”


Hospital de Olhos

O velório da cabeleireira Aretha Dantas Claro foi realizado nesta quarta-feira(16) na residência do pai no bairro Bela Vista, zona Sul de Teresina. Ela foi encontrada morta na Avenida Maranhão na manhã dessa terça-feira (15).

No corpo havia marcas de perfurações de faca. As suspeitas da polícia apontam que o autor do crime pode também ter atropelado a vítima. As investigações vão apontar se ela morreu no local e se a morte foi provocada pelas perfurações.

O tio da vítima, Rubens Portela Dantas, disse que na família o “sentimento agora é de tristeza e justiça”. Ele teria lamentado a morte da sobrinha e disse que ela “era bastante querida”. “Aretha era uma menina amável, carinhosa, muito social, sempre estava presente nos eventos da família”, comentou.

De acordo com informações da família, Aretha Dantas tinha 32 anos, era divorciada, não tinha filhos e morava com a avó, em Teresina. Rubens Portela Dantas afirmou que a jovem tinha terminado recentemente um namoro, mas segundo relatos, o rapaz não aceitava o fim do relacionamento.

Tags:

Comente aqui

nunc eget leo fringilla Curabitur vel,