Menu...

20 de setembro de 2019

Foto: Gil Oliveira/ TV Clube

Analista do TJ-PI trava luta corporal com assaltante e morre a tiros na capital


Hospital de Olhos

Na noite dessa quarta-feira (28) um analista judiciário foi morto a tiros durante um assalto no bairro Tancredo Neves, em Teresina.

Francisco das Chagas Campelo e Silva, de 54 anos, estava em um bar quando dois homens o abordaram e anunciaram o assalto. Um dos criminosos foi preso pela polícia logo depois do crime. O outro está identificado e sendo procurado.

A polícia relata que o crime aconteceu por volta das 20h. O delegado Barêta – do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), disse que o analista foi seguido por um dos criminosos ao tentar correr em direção ao seu veículo.

“Eles travaram uma luta corporal, e recebeu o primeiro disparo. Ele ainda tentou correr, mas o indivíduo atirou nas costas dele, e o matou”, explicou o delegado. A vítima foi ainda atingida por um segundo tiro no peito.

Publicidade | Somos Notícia

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas o analista não resistiu e morreu no local. Francisco das Chagas Campelo e Silva era servidor do Juizado Especial do bairro Bela Vista, zona Sul de Teresina.

Após o crime, os assaltantes conseguiram fugir na caminhonete da vítima. O veículo teria disparado o alarme à altura da ponte do bairro Tancredo Neves, na avenida Celso Pinheiro. Os dois teriam abandonado o veículo e continuado a fuga a pé numa área de mata.

Horas depois, um dos suspeitos de ter participado do crime foi preso e a arma usada foi apreendida. O segundo suspeito está sendo procurado.

Publicidade | Somos Notícia
Publicidade | Somos Notícia

Tags: