Wellington Dias anuncia investimentos permanentes na estrutura de saúde do Piauí

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook

O governador Wellington Dias anunciou, nesta sexta-feira (24), que vai aplicar recursos para a melhoria permanente da saúde no estado, além dos investimentos emergenciais e ampliação dos leitos para atendimentos diante da pandemia provocada pela Covid-19.

Por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), o governo vai investir R$ 230 milhões em estrutura, equipamentos e tecnologia na rede hospitalar em todas as regiões do Piauí até 2022. Várias obras estão em andamento, com previsão para conclusão em até dois anos. “Nosso objetivo é melhorar o atendimento à população do Piauí, dando continuidade ao nosso processo de descentralização na rede de saúde”, afirmou Wellington.

O governador destacou que as cidades polo terão ampliação do atendimento de média e alta complexidade, como Parnaíba, Curimatá, Piripiri, Cocal, Buriti dos Lopes, Uruçuí e Bom Jesus. “Graças ao grande esforço de todos, conseguimos ampliar os leitos de UTI e garantir que todos fossem atendidos, impedindo, assim, que houvesse colapso, como infelizmente ocorreu em outros estados do Brasil”, disse Dias.

Na região de Parnaíba, o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda) receberá, ao todo, mais de R$ 30 milhões em investimentos, entre ampliação e reforma, com previsão para entrega no fim de 2022. Antes disso, o governador inaugura na cidade, no segundo semestre deste ano, o Centro Especializado em Reabilitação (CER) IV, que custou R$ 5,7 milhões.

JL3 Wellington Dias anuncia investimentos permanentes na estrutura de saúde do Piauí

Também no segundo semestre Wellington entregará a reforma do acesso ao Hospital Regional Chaga Rodrigues, em Piripiri, com investimentos de R$ 663 mil. Em São João do Piauí, o destaque é para o CER II, que está 98% concluído e recebeu R$ 1,2 milhão em recursos.

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, frisou que o governo está fazendo uma revisão dos investimentos no setor desde que a pandemia chegou ao Piauí. A aquisição de 225 novos leitos de UTI em tempo recorde para tratar os pacientes mais graves da Covid-19 obrigou o Estado a reformular os gastos.

“Do total que o Governo está investindo, R$ 70 milhões serão em tecnologia da informação, para que possamos ter prontuários eletrônicos, controle mais eficaz de frequência e compartilhamento de informações sobre os pacientes entre os médicos, para facilitar a tomada de decisões”, afirmou o gestor.

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist