Secretarias de Saúde de Cocal e de Cocal dos Alves firmam acordo com MPPI para a execução da vacinação contra a covid-19

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


Na última quinta (11/02), o Ministério Público do Piauí, por intermédio da Promotoria de Justiça de Cocal, celebrou acordos com as Secretarias de Saúde do Município de Cocal e de Cocal dos Alves. O intuito é promover a gestão de prioridades e a transparência das listas de vacinação contra a covid-19, em consonância com o Plano Nacional e Estadual de Imunização.

O promotor de Justiça Francisco Túlio Ciarlini Mendes, os Secretários de Saúde dos dois municípios, os Procuradores dos Municípios, a Coordenadora de Imunização de Cocal e a Técnica da Secretaria de Saúde de Cocal dos Alves estiveram presentes. Na ocasião, as Secretarias Municipais se comprometeram a executar as fases da Campanha Nacional de Vacinação contra a covid-19 seguindo os critérios de exposição à infecção, com intervalo de tempo de 28 dias entre a 1ª e a 2ª dose da vacina.

Além disso, também deverão seguir a ordem de prioridade dos grupos de trabalhadores: equipes que estiverem diretamente envolvidas na vacinação dos grupos prioritários; trabalhadores dos serviços de saúde pública e privada tanto de urgência quanto da atenção básica envolvida diretamente na atenção para os casos suspeitos e confirmados de Covid-19, e profissionais do LACEN (Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí), diretamente vinculados aos serviços de diagnóstico do vírus.

A vacinação deverá ser realizada a partir da lista de trabalhadores da saúde, previamente elaborada e encaminhada pelos gestores das unidades, contendo informações sobre critérios de prioridade e risco. As Secretarias de Saúde dos Municípios também se comprometeram a promover a transparência, divulgando diariamente o número de vacinas recebidas do Estado e a relação das pessoas vacinadas no dia, dentre outras informações a respeito da operacionalização e cronograma da vacinação.

A eventual não observância das obrigações do acordo, em caso de força maior, deverá ser comunicada e justificada ao Ministério Público no prazo de 48 horas.

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist