Reeducandos de Floriano produzem máscaras e uniformes para unidades penais do Piauí

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


Reeducandos da Penitenciária Gonçalo de Castro Lima, conhecida como Vereda Grande, em Floriano, estão trabalhando na confecção de máscaras e uniformes. A produção acontece em parceria com o grupo Escalet de Teatro, que doou máquinas de costura e estamparia.

Segundo o gerente da unidade penal, Edilson Mousinho, já foram confeccionados 256 uniformes e cem máscaras. “Os reeducandos passam por um curso de corte e costura, oferecido na penitenciária. É um trabalho importante para eles, porque eles ganham com a remição de pena e aprendem um novo ofício”, disse.

 

IMAGEM SEJUS Reeducandos de Floriano produzem máscaras e uniformes para unidades penais do Piauí

 

O secretário de Estado da Justiça, Carlos Edilson, ressalta que oportunizar trabalho para os reeducandos no sistema penitenciário, é um dos principais objetivos da atual gestão. “O nosso compromisso é ofertar possibilidades de reinserção social aos nossos internos, através da educação e do trabalho, para que adquiram conhecimento, aprendam um ofício e possam utilizar quando saírem do sistema”, afirma.

A Penitenciária de Vereda Grande possui um ateliê com duas máquinas de costura industrial, uma máquina de prensa e impressora para estampas. Os uniformes produzidos pelos reeducandos serão distribuídos para todas as unidades penais do Piauí.

Além da ressocialização, o trabalho no sistema penal garante ao detento a remição de pena. Conforme a Lei de Execução Penal, a cada três dias trabalhados, é remido um dia na pena do interno.

 

Fonte: Governo PI

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist