Queda de árvore deixa Hospital de Campanha sem energia, em Teresina

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook

Uma queda de árvore nesta sexta-feira (1º), em Teresina, deixou sem energia o Hospital de campanha Pedro Balzi – que funciona na Universidade Federal do Piauí (Ufpi).

Com a ocorrência, dois pacientes tiveram que ser transferidos. Segundo informações do G1, até o final da manhã desta sexta-feira (1º), após a queda de árvore o local estava funcionando com a ajuda de um gerador de energia.

No total, havia 12 pacientes internados no momento e dois – que estavam em leitos de estabilização – tiveram que ser transferidos para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Os outros 10 que estavam em leitos clínicos ficaram no hospital de campanha.

A queda da árvore ocorreu durante uma chuva. Parte do teto montado no local foi destruído parcialmente pela força do vento. O hospital informou que parte da cobertura já foi refeita.
O Corpo de Bombeiros – que foi ao local para retirar a árvore, segundo o G1, informou que a grande quantidade de fios elétricos dificultou a remoção da árvore.

Uma equipe da Equatorial Energia também foi ao local e disse por meio de nota que 80% dos pontos afetados pelos estragos da chuva já tiveram o fornecimento de energia restabelecido e nos demais locais equipes estão tentando resolver os problemas.

Além do hospital de campanha, localizado no complexo esportivo de badminton da Universidade, várias outras árvores caíram durante a chuva, em toda o campus Ministro Petrônio Portela.

Queda de àrvore | Nota de Esclarecimento

A Equatorial Piauí esclarece que, devido aos fortes ventos e chuva com descargas que atingiram Teresina na noite dessa quinta-feira (31), foram registrados muitos estragos na cidade e à rede da Distribuidora, impactando o fornecimento de energia a alguns bairros da capital.

As principais ocorrências que afetaram o sistema elétrico se relacionam à queda de árvores, placas, outdoors, atingindo a rede da distribuidora e ocasionando danos à estrutura de fornecimento de energia, como postes, cruzetas, isoladores e condutores. Essa categoria de ocorrências demanda um maior tempo de restabelecimento, considerando a complexidade dos serviços.

As zonas Leste e Norte tiveram bairros atingidos com interrupção do fornecimento. As áreas mais críticas foram os bairros Ininga, Horto Florestal, Morros, Zoobotânico, região da UFPI e parte da BR 343, na zona Leste. Na zona Norte, os bairros Aeroporto e Água Mineral foram os mais atingidos.

O Plano de Contingência da Distribuidora foi acionado e equipes extras de atendimento emergencial trabalharam durante toda a noite de ontem e madrugada de hoje (01), mesmo em condições climáticas adversas. Até o início da manhã, cerca de 85% dos clientes afetados já tiveram o fornecimento restabelecido.

Em função da complexidade dos danos causados, ainda há registro de problemas em alguns bairros. Para esses casos, a Equatorial já mobilizou equipes especializadas para atuação em rede energizada, corte e liberação de acessos de vias e de redes elétricas atingidas por quedas de árvores de grande porte.

Com o plano operacional de final de ano e devido as ocorrências, a Equatorial reforçou a estrutura de campo, do Centro de Operações Integradas e central 0800 086 0800, para melhor gestão das ocorrências e direcionamento assertivo das equipes de atendimento.

Queda de árvore deixa Hospital de Campanha sem energia, em Teresina
Queda de árvore em hospital de campanha

Com informações do G1

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist