MP-PI move ação para impedir prévias carnavalescas privadas em Teresina

Em caso de descumprimento, de acordo com o Ministério Pùblico, a multa diária é de R$ 50 mil por empresa.
WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook

O Ministério Público do Piauí (MP-PI) busca por meio de uma ação civil pública, ingressada nessa sexta-feira(15), impedir a realização de prévias carnavalescas privadas em Teresina.

Em solicitação ao Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), o Ministério Público informou que o objetivo é evitar que haja aglomerações e, consequentemente, a disseminação do coronavírus.

O autor da ação – o promotor de Justiça Eny Marcos Vieira Pontes, afirma que observou intensa divulgação de empresas do setor de eventos anunciando prévias de carnaval.

Prévias carnavalescas privadas | datas previstas

“O Ministério Público tomou conhecimento que existem diversas prévias previstas para acontecer em janeiro de 2021, inclusive com eventos previstos para iniciar na sexta-feira dia 15 de janeiro de 2021”, declarou o promotor na ação.

Ele disse ainda que os anúncios têm “claros indícios” de que pretendem recepcionar grande público, provocando aglomerações e sem nenhuma forma de evitar a disseminação do vírus.

“Se limitam a reproduzir, nas fotos, flyers e banners dos eventos, que o uso de máscaras é obrigatório, que haverá público limitado e que os protocolos da OMS [Organização Mundial de Saúde] serão seguidos”, completou.

Na ação, o promotor pede a anulação dos shows e festas em locais fechados e/ou com grande público. Em caso de descumprimento da medida, a multa diária sugerida pelo Ministério Pùblico é de R$ 50 mil por empresa.

MP-PI move ação para impedir prévias carnavalescas privadas em Teresina
Ação visa impedir prévias carnavalescas privadas | Foto: G1/PI

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist