Formações do Mais Aprendizagem chegam a 60 mil acessos

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


263113623512846 Formações do Mais Aprendizagem chegam a 60 mil acessos

O programa Mais Aprendizagem atingiu no final de novembro a marca dos 60 mil acessos. As formações são transmitidas pelo Canal Educação, às segundas-feiras, no horário das 16 horas. A iniciativa tem o objetivo de fortalecer as habilidades e competências dos alunos da rede pública estadual de ensino, por meio de oficinas com formações destinadas aos professore.

O programa vem realizando formações virtuais desde maio devido à pandemia de Covid-19, com o propósito de levar o professor a refletir sobre o novo cenário educacional e capacitá-los para as novas formas de ensino e aprendizagem. Temas como Avaliação no ensino remoto; Desafios da educação inclusiva; Trilha de aprendizagem; Vínculo professor aluno; Ensino híbrido; Competências socioemocionais, entre outros foram abordados nesses momentos, com uma média de seis mil acessos por tema.

Segundo a diretora da Unidade de Ensino e Aprendizagem da Seduc, Maria José Mendes Neta, por conta do momento de pandemia, o programa sofreu uma reestilização para o formato via mediação tecnológica, diferente dos anos anteriores em que era realizado de forma presencial. “Foram realizadas readequações e dentro destas oficinas uma das partes principais é a homologia de processos. Esta é uma estratégia para o professor pensar a sala de aula e através dos feedbacks serão feitas as adequações, então a oficina é feita para eles e com eles sobre o que eles vão utilizar no dia a dia, seja remotamente ou presencialmente, mas é desta forma que foram pensadas as oficinas do Mais Aprendizagem”, observa a diretora.

As formações buscam, por meio da estratégia de multiplicação e homologia de processos, replicar o trabalho referenciado de professores das regionais de educação para os demais profissionais da rede por meio da Mediação Tecnológica.

As oficinas acontecem toda semana, via mediação tecnológica, com transmissão ao vivo e na sequência os professores podem ter acesso a todo o material trabalhado pelos formadores no site do Canal Educação, bem como sua certificação.

Segundo a coordenadora das formações, Márcia Damasceno, durante as formações são convidados professores para apresentar os projetos desenvolvidos, explicando seus impactos na aprendizagem e orientações para a execução da estratégia na escola. “A presença de professores na formação é enriquecedora, pois há a interação de professor para professor. Eles explicam a sua prática e os impactos na aprendizagem, os desafios naquele cenário e ressaltando como ele conseguiu transformar este cenário comum com os demais professores”, relembra a coordenadora.

Experiências exitosas são compartilhadas por meio do programa Mais Aprendizagem

O programa Mais Aprendizagem teve início em 2017, por meio do projeto Mais Matemática, que consistia na frente formação do programa Pacto pela Aprendizagem. No ano de 2018, a Seduc ampliou o alcance das formações com a criação do projeto Mais Português.

A equipe de formação do Mais Aprendizagem, composta pelas formadoras: Marcella Fontinele, Márcia Damasceno, Celene Lima, Iracema Santos e Carla Silva, orienta os professores sobre como desenvolver as habilidades cognitivas e emocionais durante o ensino remoto e encaminhamento de atividades a serem aplicadas junto aos alunos.

WhatsApp Image 2020 12 03 at 10.45.02 Formações do Mais Aprendizagem chegam a 60 mil acessos

A ação é realizada com o apoio da equipe da Nova Escola, uma instituição nacional que atua no apoio aos processos educacionais do país. Conta também com a parceria da Undime.

Fonte: Governo PI

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist