FMS cumpre recomendações expedidas pelo MPPI sobre o Plano de Vacinação Municipal contra a covid-19

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


A Fundação Municipal de Saúde expediu ofício assegurando que as orientações sobre o Plano de Vacinação contra a covid-19, expedidas pelo Ministério Público do Piauí, vêm sendo seguidas. Os documentos com as recomendações foram expedidos pelo promotor de Justiça Eny Pontes, titular da 29ª Promotoria de Justiça de Teresina.

Conforme solicitação, a relação nominal dos usuários vacinados já está sendo encaminhada diariamente ao MPPI, além do número de imunizados também estar disponível para a população por meio do site da Fundação Municipal de Saúde. Seguindo as orientações do MP, o Plano Municipal de Imunização contra covid-19 também foi atualizado com as seguintes informações: a especificação do público-alvo; a estimativa da população que será contemplada em todas as fases, juntamente com o número de vacinas necessárias para atender a cada público, e a definição das estratégias para as eventuais sobras de doses.

O Município também seguiu a definição de trabalhador de saúde no Plano Nacional de Vacinação: “são todos aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais”. Ou seja, a vacina também será ofertada para acadêmicos e estudantes da área técnica em saúde e para os profissionais que atuam em cuidados domiciliares, como cuidadores de idosos.

Outra recomendação seguida é a assinatura de Termo de Responsabilidade para todos os serviços que recolheram vacinas, com o intuito de garantir que apenas o público alvo seja vacinado. A Fundação Municipal de Saúde, por meio da Rede de Frio Municipal, coordenada pela Diretoria de Vigilância em Saúde-DVS, gerencia o estoque municipal de vacinas de todo o Programa Nacional de Imunização, através de sistema oficial do Ministério da Saúde.

Seguindo as orientações da Promotoria, o Município também está produzindo uma plataforma para o agendamento de vacinas. Outra recomendação que foi considerada é a realização de drive-thru para a etapa de vacinação dos idosos com 90 anos ou mais.

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist