Menu...

20 de setembro de 2018

Eletrobras Distribuição Piauí sorteia três geladeiras em Campo Maior


Hospital de Olhos

A Eletrobras Distribuição Piauí sorteou três geladeiras no Iate Clube de Campo Maior, na tarde da última quarta-feira (19), durante o evento Eletrobras nas Cidades. Os sortudos foram Antônio Mendes de Oliveira Silva e Márcia Andreia Cardoso Dias, do bairro Santa Cruz; e Maria Luíza da Conceição, da localidade Fazendinha.

Eletrobras nas Cidades - Campo Maior Maria Luíza da Conceição

O prêmio veio numa boa hora para cada um deles. A Maria Luíza, por exemplo, estava usando o frigobar da irmã porque a geladeira dela havia parado de funcionar há uma semana. “Eu estou muito feliz. Para mim, foi muito bom esse prêmio”.

Eletrobras nas Cidades - Campo Maior
Antônio Mendes de Oliveira Silva

 

O Antônio Mendes conta que a geladeira dele está com mais de 20 anos e dá muito prejuízo. “Minha geladeira está muito velha mesmo. Já cheguei a pagar conta de energia de R$ 100,00 por causa dela”, lembra.

Eletrobras nas Cidades - Campo Maior

Márcia Andreia Cardoso Dias

E a Andreia Dias só tem a comemorar. Ela mora com a sogra, está construindo a casa onde irá morar com o marido e o filho e não possuía geladeira. “Eu quase não vinha para esse evento, porque estava na escola. Mas pedi ao professor para sair. Vim e tive a sorte de ganhar uma geladeira para minha casa nova”, vibra.

As geladeiras sorteadas são mais econômicas, pois consomem em média 24 kWh, cerca 70% a menos que as de modelos antigos, além de serem mais eficientes.

“Nós damos um conselho para quem foi sorteado: não passem a geladeira velha para frente, desfaçam-se dela, senão ela vai causar prejuízo para outra pessoa também”, adverte o assistente da diretoria de Assuntos Regulatórios e Projetos Especiais, Antony Mercury.

Troca de geladeiras

Dentre as pessoas que foram selecionadas pelo Agente Eletrobras para trocar a geladeira antiga e mal conservada por um refrigerador novo e mais econômico, está a artesã Iracema Pereira da Silva, que mora no bairro Matadouro. Ela possuía uma geladeira comprada de segunda mão que usou por seis anos. “A conta de energia vinha muito alta, um absurdo. Agora eu sei que vou economizar mais energia com essa geladeira nova. É muito gratificante o que a Eletrobras está fazendo pela população de Campo Maior, não tenho nem palavras. Estou muito feliz”, declara Iracema, que também trocou seis lâmpadas incandescentes por fluorescentes compactas.

 

 Eletrobras nas Cidades - Campo Maior

Iracema Pereira: “É muito gratificante o que a Eletrobras está fazendo”

 Outra beneficiadas com a substituição de geladeiras, em Campo Maior, foi a dona de casa Antônia Nascimento da Silva, do bairro Santa Cruz, que possuía um refrigerador comprado de segunda mão há dez anos. “Eu acho que, no total, minha geladeira já tinha uns 30 anos de uso, porque ela é da década de 80. Eu estou muito feliz por a Eletrobras ter me dado a oportunidade de trocar minha geladeira”.

“Nosso objetivo com a substituição de geladeiras é que vocês utilizem energia elétrica de forma mais adequada, sem desperdício, podendo desfrutar o conforto da energia sem pagar caro”, disse Mercury ao citar uma das finalidades do Agente Eletrobras.

Eletrobras nas Cidades - Campo Maior

Assistente de Assuntos Regulatórios e Projetos Especiais Antony Mercury

Todas as geladeiras trocadas passam pelo processo de manufatura reversa que consiste em separar as partes do objeto por tipo de material para que sejam reaproveitadas em outros fins.

Palestra

À tarde, a analista social Bianca Amaral ministrou uma palestra sobre uso adequado de energia elétrica e contou com a participação dos presentes para dar dicas de economia e segurança. Lucília do Nascimento Andrade foi uma das voluntárias para responder às perguntas. Ela explicou aos demais que “não se deve pôr roupas atrás da geladeira, porque consome mais energia” e ganhou um brinde da Eletrobras Distribuição Piauí.

Eletrobras nas Cidades - Campo Maior

Lucília do Nascimento participou da palestra sobre uso adequado de energia
Já a Antônia Silva Coelho, do bairro Flor do Campo, ajudou a Bianca a falar sobre as vantagens de se usar lâmpadas fluorescentes em vez de incandescentes. “As fluorescentes gastam menos energia elétrica e duram mais tempo”. Antônia mostrou que aprendeu bem a lição do Agente Eletrobras e não perdeu tempo: trocou seis lâmpadas comuns por outras mais econômicas.

Troca de lâmpadas

E não faltou gente para trocar lâmpadas. A dona de casa Regilane Rodrigues do Carmo, do bairro Paulo VI, foi ao Eletrobras nas Cidades com o marido Antônio Raimundo Pereira de Oliveira e a filha Adriele Rodrigues de oito meses. “Eu gostei muito desse evento. Troquei seis lâmpadas e peguei uma senha para participar do sorteio das geladeiras”.

Eletrobras nas Cidades - Campo Maior

No total, a Eletrobras Distribuição Piauí fez com que 2 mil lâmpadas incandescentes deixem de ser utilizadas por consumidores de Campo Maior. Isso representa uma economia significativa de energia elétrica, pois a lâmpada fluorescente consome 80% menos energia elétrica e dura oito vezes mais.

Eletrobras nas Cidades - Campo MaiorIsabel Rodrigues: feliz por trocar lâmpadas comuns por fluorescentes

Serviços comerciais e Ouvidoria

A área Comercial da Eletrobras Distribuição Piauí também esteve presento no evento. O atendente Alex Silva Pereira executou pedidos dos consumidores que, na maioria do casos queriam trocar a titularidade da fatura de energia. Essa medida evita possíveis problemas futuros, pois desvincula a conta do nome do antigo morador ou proprietário do imóvel.

A Ouvidoria da empresa foi representada pelo ouvidor Fabriciano Louchard da Cunha.

Saúde

A dona de casa Isabel Rodrigues de Brito Santos, de 59 anos, aproveitou que foi ao evento para trocar lâmpadas e participar do sorteio de geladeiras e aferiu a pressão arterial com a equipe do Medplan. “Minha pressão sempre é normal, mas, agora, deu um pouco alterada. Acho que é porque vim pedalando para cá. Elas disseram para eu medir novamente mais tarde”, comentou.

 Eletrobras nas Cidades - Campo Maior

Isabel Rodrigues aferindo a pressão arterial

Tags: , ,

Comente aqui

porta. in venenatis, suscipit ut Sed dolor. elit. id ipsum