Campanha Novembro Azul alerta para cuidados com saúde do homem

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), por meio da Coordenação de Atenção à Saúde do Adulto e Idoso, lança, nesta terça-feirao (17), no Palácio de Karnak, a campanha Novembro Azul, que visa a conscientizar o público masculino para o diagnóstico precoce do câncer de próstata. O Dia D da Campanha foi realizado no dia 10 de novembro com ações pela rede de saúde. o tema deste ano é “Homem que se cuida tem atitude”.

Na Campanha 2020 serão enfatizados os cânceres de pênis, de boca e o câncer de próstata, que é um dos mais comuns entre os homens. Segundo estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca), para cada ano do triênio 2020-2022, devem aparecer 625 mil casos novos de câncer no Brasil, sendo 66 mil de câncer de próstata, o que representa 29,2% dos casos. No Piauí, a maior concentração de homens é na faixa etária de 30 a 39 anos, com altos índices de câncer de próstata e de pênis.

Durante a campanha, serão realizadas ações para conscientizar o público masculino sobre a importância dos cuidados com a saúde. Na ocasião, será lançado o Cartão de Saúde dos Caminhoneiros e das Caminhoneiras, uma iniciativa do Ministério da Saúde para atender às necessidades dos motoristas de transportes rodoviários de cargas. Será um documento público para possibilitar o registro e acompanhamento de informações clínicas, de suporte ao diagnóstico e do plano de cuidados desse público específico e itinerante.

Além do Cartão de Saúde dos Caminhoneiros, também será lançado um projeto de prevenção do câncer de pênis no homem piauiense. Dados epidemiológicos do Inca colocam o Piauí no primeiro lugar do ranking no Brasil com número de casos deste tipo da doença. Para conter esse aumento, o Ministério da Saúde vai implantar um projeto piloto no Estado para desenvolver ações educativas e de prevenção da doença.

A coordenadora de Saúde do Homem da Sesapi, Valdite Leão, ressalta a importância de conscientizar o sexo masculino da necessidade de se cuidar. “É preciso chamar atenção dos homens para o autocuidado. Homem não é super-herói, eles precisam quebrar o mito de serem fortes o tempo todo. Essa cultura do não se olhar é que faz com que os homens morram antes das mulheres”, ressalta a coordenadora.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, o diagnóstico precoce é fundamental para evitar o desenvolvimento da doença e a amputação do membro. “A adoção de hábitos saudáveis, a prática de atividade física regular, a alimentação balanceada e o uso moderado de bebidas alcoólicas são cruciais para diminuir estes agravos evitáveis. A identificação precoce de doenças aumentam as chances de um tratamento eficaz”, diz o secretário.

Fonte: Ascom Sesapi
Fonte: Governo PI

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist