Press "Enter" to skip to content

Alunos e professores de Educação Física da Uespi produzem conteúdo digital com exercícios

Com o isolamento social, a tendência é que as pessoas fiquem mais em casa e o nível de sedentarismo aumente. Nessa perspectiva, o projeto Movimento na Rede foi idealizado para despertar nas pessoas um estilo de vida ativo em suas casas e com orientações de profissionais em Educação Física. As atividades serão disponibilizadas, semanalmente, nas mídias digitais do projeto como Facebook, Instagram e YouTube.

A iniciativa é do curso de Educação Física, campus de Picos, que vem desenvolvendo várias atividades para despertar o interesse em atividade física da região, além de ajudar na melhora da qualidade da saúde mental. De acordo com o professor e coordenador da ação, Laécio Lima, a ideia é que os alunos, professores e convidados alimentem as redes com dicas e atividades físicas em casa, promovendo saúde e tirando um pouco o comportamento sedentário que é tendência nessa quarentena.

“Esse projeto é contínuo e foi uma inciativa nossa em meio à pandemia, onde refletimos sobre o sedentarismo. A partir disso, resolvemos criar um conteúdo digital, onde mantemos os alunos e os professores alimentando nossas mídias sociais com dicas, atividades, esportes, lives, entre outras coisas”, conta o professor.

As atividades oferecidas serão informações a cerca da atividade física, exercício físico e práticas corporais e Saúde, além das práticas que irão envolver Danças, Lutas e Artes marciais, Circuitos Funcionais, Treinamento Full Body (Corpo todo) e exercício resistido. Todo o conteúdo é aberto e gratuito direcionado a todas as idades, cada um respeitando suas limitações.

Repórter: Priscila Fernandes

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *