Frutas, verduras, legumes e hortaliças: por que consumir?

Hospital de Olhos
Publicidade | Somos Notícia

De acordo com os dados da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel , 2018), a obesidade no Brasil volta a crescer, fato esse preocupante. Conforme o Ministério da Saúde o número de pessoas obesas no Brasil aumentou cerca de 67,8% em um intervalo de 13 anos, de 11,8% no ano de 2006 para 19,8% no ano de 2018.

Os dados apontam que houve um crescimento maior em adultos de 25 a 34 anos e 35 a 44 anos e que embora o sexo masculino apresente maior taxa em relação ao excesso de peso, no ano de 2018 o percentual de obesidade foi maior no sexo feminino, com 20,7% contra 18,7% em relação ao sexo masculino.  

Por essas e outras razões é importante desenvolver hábitos alimentares saudáveis visando uma melhor qualidade de vida no futuro. Porém, muito se fala e pouco se faz, que tal começar aos poucos? Grandes mudanças requerem um período de adaptação, vá com calma. Primeiro comece diminuindo a utilização de alimentos ultraprocessados, que são riquíssimos em açúcares, gorduras e sódio, principal causa do desenvolvimento de várias doenças, dentre as quais estão a hipertensão (popularmente chamada de pressão alta), diabetes e obesidade.

Clique no banner e faça suas apostas | Somos Notícia

Procure preparar suas próprias refeições utilizando temperos naturais no seu preparo ao invés daqueles industrializados, existe um leque de opção, como limão, açafrão, coentro, cebolinha, pimentas, salsinha etc. Aos que habitualmente fazem suas refeições fora de casa, utilize o poder de escolha a seu favor, a melhor opção sempre existirá. Lembrando que deve haver harmonia e equilíbrio, com relação a quantidade em cada refeição.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o consumo diário, em cinco ou mais dias na semana de pelo menos 400g de frutas, verduras, legumes e hortaliças, porém boa parte da população não consegue ingerir nem a metade disso, o que é extremamente preocupante para saúde da coletividade, pois, estes são ricos em fibras, e elas têm o papel de melhorar o trânsito intestinal, evitando a famosa constipação que causa  um desconforto e tanto . Além disso, algumas pesquisas mostram que as pessoas que ingerem fibras diariamente apresentam menores riscos de desenvolver algumas doenças, tais como o câncer de cólon, hipertensão, diabetes e ainda ajuda no controle do peso.

Publicidade | Somos Notícia

Viu só como uma coisa leva a outra? São inúmeros os benefícios de incluir as frutas, verduras e hortaliças na nossa alimentação. Para alguns a desculpa para não começar aderir a esse estilo de vida saudável, seria o custo da aquisição. Então lá vai uma dica, procure uma horta comunitária perto de você, em todo canto existe uma hortinha com produtos mais frescos, mais baratos e mais saudáveis, e você ainda estimula a economia local, olha que legal!

Geralmente nessas hortas são encontrados couve, alface, coentro, cebolinha, tomate, berinjela etc. É como dizem, quanto mais perto de casa for o alimento, mais fresco e mais saudável ele será. Não podemos esquecer das frutas, pois nelas são encontradas também uma grande quantidade de fibras e nutrientes importantes para um bom funcionamento do organismo.

 Mas como e em quais horários você pode estar consumindo uma porçãozinha de frutas? Bem, você pode intercalar entre uma refeição e outra, nos famosos lanchinhos da manhã e da tarde, lembrando que uma alimentação saudável sempre é regada de um bom equilíbrio, portanto fique sempre atento na quantidade a ser consumida, é importante.

Ah, mais é caro, não dar pra ter todos os dias fruta em casa, será que não? Lá vai outra dica, nessa época nos meses de setembro/outubro podemos encontrar facilmente caju (excelente fonte de vitamina C, ideal para o fortalecimento do sistema imunológico), além da manga ( rica em vitamina A, que ajuda na prevenção da cegueira noturna, possui também vitamina C, além de ser uma fonte de fibra, responsável ainda por provoca uma sensação de saciedade no nosso organismo) fora outros nutrientes importantes para sua saúde.

Viu só? Alimentar-se bem é mais uma questão de hábitos, e precisamos aprender a desenvolver esse lado mais consciente se quisermos ter longevidade e inverter os números alarmantes da obesidade e do excesso de peso demostrado pela pesquisa Vigitel 2018, que consigo trazem inúmeras outras doenças evitáveis.

E então, vamos começar os primeiros passos para uma vida mais saudável? Vale a pena, comece aos poucos e logo verá os benefícios adiante. São pequenos atos que transformam e salva vidas, você é o que você come, tenha certeza.

Vale ressaltar que não é apenas um alimento que é bom pra isso ou pra aquilo, é todo um conjunto, acompanhado de muita determinação e foco. E não se esqueça, sempre case hábitos saudáveis com um estilo de vida mais ativo. Faça atividades físicas diariamente e beba muita água.

Fonte: Ministério da Saúde, OMS e Vigitel.

Fonte da Imagem: Seletti
Publicidade | Somos Notícia
Publicidade | Somos Notícia

1 thought on “Frutas, verduras, legumes e hortaliças: por que consumir?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *