Mulheres contam suas experiências engraçadas nos aplicativos de namoro

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


source
tinder
Pexels

Confira os relatos engraçados de aplicativos de namoro


A I nternet facilitou muito a vida para  conhecer gente nova, esteja você em busca da sua cara metade ou de algo mais leve e mais casual. Para isso basta usar os aplicativos de namoro. Em tempos de isolamento social, essas ferramentas substituem a paquera ao vivo das festas e barzinhos e ainda rendem  boas histórias pra contar. 



Perguntamos às nossas leitoras quais histórias engraçadas elas já viveram com esses apps. Selecionamos as mais divertidas para lembrar que nem sempre o sapo vira príncipe, mas sempre é possível dar boas risadas. Confira os depoimentos a seguir. 

1. Eu te conheço de algum lugar 

“Há alguns anos estava no Tinder e conheci um cara que queria uma submissa , porém depois de alguns achei que algumas exigências não caberiam nas minhas demandas de dia a dia e algumas não me agradavam. Quando disse algumas das minhas regras a pessoa me bloqueou no Whatsapp e desfez o match no app. Vida que segue.

Anos depois uma grande amiga passou a namorar um cara que aqui chamarei de A. A era um desses riquinhos que se sentem de alguma forma superior, mas quer se mostrar pé no chão. Ouvi relatos sobre o rapaz, mas demorei a conhecê-lo. Nos conhecemos num churrasco em seu apartamento a noite, eu na época com o meu próprio encosto particular, também conhecido como meu namorado.

Senti que A me encarava de maneira estranha, mas achei que era apenas mais um desconforto por conhecer mais uma amiga de sua namorada de classe social distinta da dele. Mas como meu cérebro trabalha de maneira distinta, em determinado momento entre um pedaço de carne e outro me veio um flashback. A era o cara do app. Assim fui embora, um pouco desconfortável e um pouco desconfiada desse namoro da minha amiga.” – Maria, 24 

2. Calado era um poeta 

“Eu nunca fui muito de usar esses aplicativos, porque eu me sentia em um cardápio humano. Mas, a quarentena chegou e eu entendia pensei “quão ruim deve ser?”. Spoiler: foi bem ruim. O primeiro que eu conversei, era bem legal, até eu comentar com ele que comecei a tocar ukelele. Ele disse “eu também, já comi muita mulher por causa disso”. Eu deveria ter percebido que aquilo era uma cilada”.

– Andreia, 29 

3. Deixa eu ver seu pé? 

“Baixei o Tinder após terminar um relacionamento, acho que a maioria das pessoas faz isso, não? Enfim, conheci um menino que parecia bem legal. Não pedia nudes, o papo fluía e ele me chamou pra jantar. Parecia muito fofo, então, topei. Ele me buscou em casa. Percebi que ele tava meio nervoso, mas, como eu também estava, achei que era por causa do primeiro encontro. Chegamos no restaurante, sentamos na mesa e ele disse que queria me perguntar uma coisa e não sabia como eu reagiria. Eu fiquei com medo, mas a curiosidade era maior, então disse ‘fale’. Ele perguntou se ele poderia ver meu pé, porque ele tinha fetiche nisso. Eu não gosto de julgar o gosto dos outros, mas a gente tava no meio do restaurante… Então eu comecei a rir de nervoso, o menino ficou vermelho e disse que queria ir embora, mas, que me levava pra casa. Foi a pior carona da minha vida”.

– Bruna, 22 

4- Eu só queria dormir 

“Uso aplicativos de namoro há tanto tempo que eu deveria ganhar um prêmio de tanto tempo na plataforma sem conseguir nada. Foram muitas experiências, algumas boas, outras péssimas, algumas extremamente desagradáveis, mas, eu continuo insistindo (não me pergunte o porquê).

O mais recente que me fez rir, foi quando dei match com um médico. Ele se achava por simplesmente cursar Medicina, toda hora queria um biscoito e toda hora falava que eu deveria estar “doida pra dar um médico”, eu tava doida de ter dado match nele isso sim.

Enfim, eu não queria mais falar com ele e ele não entendia, até que uma noite, eu já tinha feito meu skincare e estava pronta pra dormir e ele perguntou se podia me ligar. Antes que eu pudesse dizer que não, ele me liga e eu atendo. Pior decisão da vida, o médico maluco queria ficar falando putarias e eu falei “cara, eu só quero dormir’. Como se não bastasse o papelão, o cara ficou bravo pois disse que tinha várias meninas correndo atrás dele e eu não dava atenção, eu mandei ele ligar pra elas então e desliguei. Vi que ele me bloqueou e eu durmo em paz até hoje”.

– Sophia, 24

Fonte: IG Mulher

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist