Depois da Argentina, Coreia do Sul descriminaliza aborto

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


source
manifestante segura placa com os dizeres meu corpo minhas regras em ingles
Reprodução

Aborto é legalizado na Coreia do Sul

Na última semana, o Senado da Argentina aprovou projeto de lei que torna o aborto legal , seguro e pra todas as pessoas gestantes. Na última sexta-feira (1º) foi a vez da Coreia do Sul de seguir os mesmos passos, que descriminalizou o aborto.

Antes, o aborto só era legalizado em  casos de estupro ou caso a saúda da pessoa gestante estivesse em risco, assim como no Brasil. Com a lei de criminalização derrubada, agora o  aborto pode ser feito caso a pessoa não queira continuar com a gravidez.

Além da descriminalização, grupos que defendem os direitos das mulheres pedem por estrutura legal e de saúde que facilite o acesso ao procedimento.

“As disposições penais sobre o aborto na lei que o criminalizava não estão mais em vigor a partir de 1º de janeiro de 2021. Estou muito feliz em compartilhar esta boa notícia da Coreia do Sul”, diz Na Young, líder da associação Share. Para ela, a descriminalização do aborto no país é uma vitória.

Manifestantes que se posicionam de forma contrária ao aborto preparam emendas que proibam o aborto depois de seis ou dez semanas de gestação e que médicos possam se recusar a fazer o procedimento.

Fonte: IG Mulher

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist