Ronaldinho Gaúcho e o irmão deixam prisão domiciliar no Paraguai e podem voltar ao Brasil

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e o irmão, Roberto de Assis, poderão voltar ao Brasil após serem libertados da prisão domiciliar no Paraguai nessa segunda-feira (24).

A decisão foi tomada pelo juiz Gustavo Amarilla, em audiência preliminar, em Assunção no Paraguai. Ronaldinho e o irmão estavam detidos há mais de 05 meses por uso de documentos falsos no país.

O Ministério Público teria concluído as Investigações, segundo informações, sem prova de envolvimento dos dois em lavagem de dinheiro e produção de documentos falsos. Por esta razão, marcou a audiência que resultou no pedido da suspensão condicional do processo.

Ronaldinho deverá pagar mais de R$ 500 mil e o irmão mais de R$ 600 mil por uso de documentos falsos no país.

Como a justiça acatou o pedido do Ministério Público, o processo agora será arquivado. O juiz informou que o valor da multa será utilizado no combate à covid-19 no Paraguai.

ronaldinho Ronaldinho Gaúcho e o irmão deixam prisão domiciliar no Paraguai e podem voltar ao Brasil

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist