Menu...

17 de julho de 2019

Pais pedem ajuda para que o filho com doença rara não perca a visão


Hospital de Olhos

Publicidade

Depois de ser diagnosticado com Persistência Hiperplásica do Vítreo Primitivo (PHVP) aos dois meses de vida, o pequeno Ângelo Gabriel Policarpo desenvolveu catarata e atualmente, aos três anos de idade, necessita com urgência de uma cirurgia para não perder definitivamente a visão.

A doença de Ângelo Gabriel é considerada rara, tendo ele acompanhamento oftalmológico desde a descoberta da doença por meio de estimulação visual com tampão ocular.

Em razão do agravamento da doença do filho, a mãe do pequeno Ângelo, identificada como Alessandra Reis Feitosa, teve que abandonar o trabalho para dedicação exclusiva ao tratamento do filho. A criança mora com o pai Josivaldo de Sousa Policarpo e com a mãe Alessandra em Juazeiro-BA.

O quadro de saúde de Ângelo piorou consideravelmente em fevereiro deste ano após o desenvolvimento de uma catarata, o que lhe fez perder a visão de um dos olhos. Segundo informações, há como reverter a situação e impedir a perda definitiva da visão da criança.

Publicidade

Familiares informaram que os pais já estiveram em Recife-PE em busca de tratamento após indicação médica e não obtiveram êxito, mas foram informados que o tratamento pode ser feito em São Paulo.

Os pais encontraram uma profissional que faz a cirurgia de Ângelo Gabriel no Hospital Albert Einstein. Amigos e familiares estão realizando uma campanha nas redes sociais para conseguir recursos para a cirurgia.

Ângelo mostrando que conhece o Alfabeto em Português, Russo e Inglês.

As ajudas podem ser feitas com depósitos em contas, conforme dados abaixo:

Publicidade

Tags: