Menu...

19 de novembro de 2018

Cartilha aos Procons classifica perfis de consumidores e gera polêmica


Hospital de Olhos

Uma cartilha intitulada ‘Treinamento, excelência no atendimento’ foi motivo de polêmica esta semana após ser distribuída para todos os Procons do Brasil classificando os consumidores por perfis.

A finalidade era repassar orientações para análises e registro das queixas de clientes insatisfeitos.

Nela, o perfil dos consumidores é definido numa lista de nove tipos considerados mais difíceis, entre eles o KID TOCAIA – cuja especialidade é deixar o atendente com cara de bobo.

A lista segue com outras classificações como:

RAMBO: aquele que já chega explodindo com tudo e com todos;

RODA PRESA: aquele que não se mexe e espera que a melhor solução apareça;

ENIGMA: cliente fechado e não fala o que está acontecendo;

DISK PROBLEMA: aquele que se esqueceu de se incluir na própria vida e reclama de tudo.

A iniciativa foi considerada pelos consumidores uma brincadeira de mau gosto.

“Todos nós somos iguais. Eu creio que ninguém estaria aqui […] se não fosse uma pendenga(sic)”, disse um consumidor.

“A gente tem que ser tratado com respeito, independente do perfil”, afirmou outro consumidor.

A Associação Brasileira de Procons considerou equivocada e ofensiva a divulgação da cartilha. O Ministério da Justiça, do qual faz parte a Secretaria do Consumidor, informou que não tem nenhuma responsabilidade sobre a produção do material.

Os coordenadores estaduais dos Procons afirmam que não vão seguir a cartilha. Eles não concordam com a forma de treinamento sugerida pelo material.

“Não vamos divulgar! Não aceitamos qualquer material, documento ou qualquer postura, seja de quem for, que ridicularize o consumidor”, disse Cláudia Silvano, coordenadora do Procon do Paraná.

A Secretaria Nacional do Consumidor, apontada pelo Ministério da Justiça como responsável pela produção da cartilha não se manifestou.

Tags:

Comente aqui

ipsum nec vulputate, pulvinar ut ut mattis Aenean