Menu...

18 de novembro de 2018

Régis: motorista pode ter dormido ao volante


Hospital de Olhos

A Polícia Civil de Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, deve indiciar por homicídio culposo (sem intenção de matar) o motorista do ônibus da Viação Nossa Senhora da Penha que se envolveu em um acidente na rodovia Régis Bittencourt, na madrugada deste domingo. De 53 pessoas no veículo – duas crianças, 50 passageiros e o condutor – , 14 morreram. O veículo havia deixado Curitiba em direção ao Rio de Janeiro.

Segundo o delegado que chefia as investigações, Renato Gonçalves Coletes, a principal hipótese investigada é a de que o motorista tenha dormido ao volante no horário do acidente – ocorrido às 2h05 no km 300 da rodovia. Mesmo assim, alertou o delegado, a conclusão das investigações depende da perícia, finalizada no local do capotamento por volta de meio-dia.

 Um dos pontos aguardados pela perícia é o tacógrafo do ônibus. O equipamento dirá a que velocidade ele trafegava quando caiu em um barranco de 30 metros.

Familiares aguardam notícias das vítimas internadas após o acidente na rodovia Régis Bittencourt

Familiares aguardam notícias das vítimas internadas após o acidente na rodovia Régis Bittencourt

Após o depoimento na Delegacia Central, o motorista – cujo nome não foi divulgado pela polícia – foi submetido a exame de corpo delito e toxicológico no Instituto Médico Legal (IML) da cidade. Conforme a polícia, ele já havia sido submetido a exame de bafômetro logo após o acidente, sem constatação de que teria ingerido álcool.

Os corpos começaram a ser removidos da Delegacia Central para o IML Central às 13h50.

Tags: , ,

Comente aqui

Lorem consectetur ut adipiscing libero at luctus