Vôlei: Covid-19 força alteração no formato da Liga das Nações

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) confirmou nesta terça-feira (26) que a Liga das Nações desta temporada será disputada em uma sede única. Ao contrário do modelo tradicional com rodízio de sedes, a entidade definiu a utilização de um local único no conceito de bolha sanitária tanto no torneio masculino, quanto no feminino. Os locais e o calendário dos jogos devem ser divulgados em fevereiro de 2021.ebc Vôlei: Covid-19 força alteração no formato da Liga das Naçõesebc Vôlei: Covid-19 força alteração no formato da Liga das Nações

seleção brasileira de vôlei feminino seleção brasileira de vôlei feminino

Seleção brasileira de vôlei feminino – Gaspar Nóbrega/Inovafoto/CBV

A intenção da FIVB é garantir a saúde dos atletas e de todos envolvidos nos jogos. Além disso, a Federação pretende manter a fórmula de disputa. Os 16 países de cada gênero continuarão jogando todos contra todos em turno único ao longo de cinco semanas dentro da bolha sanitária. Os seis melhores avançam à fase final.

A edição de 2020 do torneio, criado em 2017 pela FIVB substituindo a Liga Mundial e o Grand Prix, foi cancelada por causa da pandemia. Em 2019, o time feminino do Brasil foi vice-campeão. A equipe masculina ficou com o quarto lugar.

Edição: Carol Jardim

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist