Vera Cruz e Catanduva abrem edição 2020 da Liga de Basquete Feminino

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


O duelo paulista entre Vera Cruz e Bax Catanduva, marcado para o dia 8 de março, às 19h15 (horário de Brasília), no ginásio da Unidade Paineiras da Ponte Preta, em Campinas (SP), inaugura a edição 2021 da Liga de Basquete Feminino (LBF). A entidade divulgou a tabela do primeiro turno, com 28 jogos, até o dia 2 de maio.ebc Vera Cruz e Catanduva abrem edição 2020 da Liga de Basquete Femininoebc Vera Cruz e Catanduva abrem edição 2020 da Liga de Basquete Feminino

A competição reunirá oito equipes, sendo sete remanescentes da temporada passada, que teve três jogos realizados antes de ser interrompida (e posteriormente cancelada) por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Campeão da última edição finalizada, em 2019, o maranhense Sampaio Corrêa estreia no dia 14 de março, às 14h, fora de casa, contra as paulistas do Sesi Araraquara.

Na primeira fase, os participantes se enfrentam em turno e returno para definir as respectivas posições no mata-mata. Nas quartas de final, o time de melhor campanha enfrenta o oitavo, o segundo pega o sétimo, o terceiro duela com o sexto e o quarto encara o quinto. Tanto nas quartas como na semifinal, os confrontos serão em melhor de três jogos. Já a final terá até cinco partidas, ou seja, leva o título quem vencer três.

Reforços

Nesta quarta-feira (10), o Sampaio anunciou a renovação com a ala Rapha Monteiro, campeã da LBF em 2019 assim como a capitã Tati Pacheco, com quem o clube já havia prorrogado o vínculo (ela vai para a quarta temporada na Bolívia Querida). O time maranhense contratou, também, as alas Thainá Andrade e Jeanne, a ala-pivô Lee Lisboa, além da ala-armadora Erika Leite. Ex-clube de Erika, o paulista Santo André/Apaba acertou com a ala-pivô Sassá e a pivô Glenda.

Vice em 2019, o Vera Cruz renovou com o técnico bicampeão paulista Élcio Ortiz e trouxe as alas Gabi Santos e Cíntia Janowsky e a pivô Fabi Caetano. O Bax Catanduva, que retorna à LBF após três anos e será o rival campineiro na estreia, anunciou a ala-pivô Fernanda Sena e Nicole Chirinda, além das pivôs Flávia Luiza e Lis. Esta última deixou a equipe catarinense do Blumenau, que se reforçou com a ala Leila Zabani, a ala-armadora Letícia Rechembak e a armadora Cacá.

Edição: Fábio Lisboa

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist