Série D: Campinense-PB e América-RN perdem chances e ficam no zero

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


A ausência de pontaria de Campinense-PB e América-RN explica o empate sem gols desta sexta-feira (27), no estádio Governador Ernani Sátyro, o Amigão, em Campina Grande (PB). Paraibanos e potiguares criaram várias oportunidades, mas as desperdiçaram com a mesma facilidade. O duelo pela 14ª e última rodada da primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro teve transmissão ao vivo da TV Brasil.ebc Série D: Campinense-PB e América-RN perdem chances e ficam no zeroebc Série D: Campinense-PB e América-RN perdem chances e ficam no zero

O resultado pouco impactou os times, que estavam com os destinos sentenciados. Líder do Grupo 3, o América foi a 28 pontos, enquanto o Campinense, com 15 pontos, despediu-se da Série D com o sexto lugar da chave. O Mecão, que segue na competição, enfrenta na segunda fase o Coruripe-AL, quarto colocado do grupo 4. As datas e horários das partidas de ida e volta ainda serão anunciados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Apesar de ter a ponta da chave assegurada antes de a rodada começar, o técnico Paulinho Kobayashi mandou a campo um América com força (quase) máxima. O volante Felipe Guedes, suspenso na vitória por 2 a 1 sobre o Floresta-CE no último domingo (22), era o único desfalque. No Campinense, além de três ausências por lesão que atrapalharam o time na rodada anterior, o técnico Luciano Silva teve a baixa de cinco atletas, dispensados após a derrota por 2 a 1 para o Afogados-PE, no sábado passado (21), que decretou a eliminação da Raposa.

Mais completo, o Mecão foi melhor no primeiro tempo. Logo aos três minutos, o atacante Wallace Pernambucano, de cabeça, obrigou o goleiro Waldson a uma difícil defesa. Aos 23, em outra bola na área, o atacante Dico escorou por cima. O Campinense só chegou com perigo aos 16 minutos, em finalização cruzada do atacante Matheus Regis, defendida pelo goleiro Vítor Paiva. A Raposa até melhorou após a paralisação do jogo para hidratação dos atletas, mas sem criar lances de grande perigo.

Apesar do calor de 32ºC, os times voltaram do intervalo acelerados, mas com a pontaria descalibrada. Aos sete minutos, o meia Rondinely, da entrada da área, chutou por cima da meta raposeira. Dois minutos depois, em nova investida do América, o lateral Carlos Renato recebeu pela esquerda e bateu cruzado, rente à trave. O Campinense respondeu aos 11, em arremate do lateral Alex Murici que o atacante Rafael Ibiapino, ao completar o chute, acabou, sem querer, tirando a bola do caminho do gol.

Aos 25, Wallace Pernambucano girou na área, próximo à marca do pênalti, mas bateu alto demais, perdendo outra oportunidade para o Mecão. Aos 31, foi a vez de o Campinense falhar na finalização: Rafael Ibiapino cruzou pela direita e Matheus Regis, com o goleiro americano vencido no lance, cabeceou torto. Nos acréscimos, Matheus Regis recebeu pela esquerda, dentro da área, e chutou cruzado a meia altura, ao lado do gol. Foi a última das inúmeras oportunidades perdidas no Amigão.

Confira a tabela completa da Série D do Campeonato Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist