Série C: rodada tem classificações, goleadas e rebaixamento inédito

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


Com nove de dez jogos disputados, a penúltima rodada da primeira fase Série C do Campeonato Brasileiro teve definidas as classificações de Remo, Paysandu e Vila Nova à próxima etapa do torneio, e o rebaixamento inédito do Boa Esporte à Série D. Destaque, ainda, às goleadas de Ferroviário e Volta Redonda sobre Imperatriz e Brusque, respectivamente.ebc Série C: rodada tem classificações, goleadas e rebaixamento inéditoebc Série C: rodada tem classificações, goleadas e rebaixamento inédito

No Grupo A, está quase tudo definido. A partida-chave de ontem (28) reuniu Manaus e Remo, que jogaram na Arena da Amazônia. Os donos da casa precisavam ganhar para seguirem com chances de classificação. Mas, com dois gols relâmpagos dos atacantes Salatiel e Tcharles no início do segundo tempo, sacramentaram a vitória do Remo por 2 a 0.

O Remo foi a 30 pontos, na segunda posição da chave, assegurando vaga à sequência da competição e eliminando os manauaras – que ocupam o quinto lugar da chave, com 23 pontos. De quebra, o Azulão ajudou o rival Paysandu a também se garantir na próxima fase. Na sexta-feira (27), o Papão venceu o Botafogo-PB por 1 a 0.

Outro que se beneficiou da vitória remista foi o Vila Nova. Em quarto lugar, os goianos foram a 28 pontos com o empate por 1 a 1 com o Treze no estádio Amigão, em Campina Grande (PB), também no sábado. O meia Emanuel Biancucchi – que é primo do atacante Lionel Messi – fez para o Tigre, enquanto o atacante Gilvan marcou para o Galo da Borborema.

A partida marcou o retorno aos gramados de Marcelinho Paraíba, de 45 anos, quase nove meses após o ex-atacante de clubes como Grêmio, São Paulo e Hertha Berlim (Alemanha) anunciar a aposentadoria. O veterano do Treze entrou em campo no segundo tempo, mas saiu contundido quase 30 minutos depois.

O time de Campina Grande permanece na zona de rebaixamento – em nono lugar, com 18 pontos – e terá um confronto direto com o rival Botafogo-PB, oitavo colocado com um ponto a mais, na próxima rodada, em João Pessoa. Além da dupla paraibana, a Jacuipense-BA ainda briga para não cair, mas pode escapar já nesta segunda-feira (30) se pontuar contra o líder Santa Cruz, no estádio de Pituaçu, em Salvador. Os baianos somam 21 pontos.

Único time do grupo já rebaixado, o Imperatriz sofreu mais uma goleada no sábado. Na Arena Castelão, em Fortaleza, o time maranhense levou 7 a 0 do Ferroviário – que, com a vitória, livrou-se de qualquer possibilidade de queda à Série D. O atacante William Lira, com quatro gols, foi o protagonista do massacre. Os meias Lucas Hulk, Caíque e Vítor Xavier também balançaram as redes. O Tricolor foi a 22 pontos, em sexto lugar no grupo. O Cavalo de Aço somou apenas um ponto em 17 partidas, com 58 gols sofridos.

Cenário embolado no Grupo B

O Volta Redonda foi além. Jogando ontem (28) fora de casa, a equipe carioca aplicou 8 a 1 no Brusque. O detalhe é que o Voltaço lutava contra o rebaixamento, enquanto o Quadricolor liderava o Grupo B. Os atacantes Alef Manga (três), João Carlos (dois) e Daniel, o meia Hiroshi e o lateral Oliveira marcaram para o time aurinegro, que foi a 22 pontos e não tem mais risco de queda. O meia Marco Antônio descontou para os catarinenses.

Apesar da goleada sofrida e de não vencer há seis jogos, o Brusque segue no G-4 e ainda depende apenas de si para se classificar. Líder da chave na maior parte da primeira fase, o Quadricolor caiu para o terceiro lugar, com os mesmos 28 pontos de Londrina (1º) e Ypiranga-RS (2º), mas fica atrás pelo saldo de gols. A chave está embolada, com cinco equipes na briga por quatro vagas na sequência da competição.

Tanto Londrina quanto Ypiranga venceram os confrontos deste sábado (28) por 2 a 1 e também dependem somente dos próprios esforços na última rodada. Com gols dos atacantes Juan Matos e Douglas Santos (de bicicleta), os paranaenses bateram o Tombense – que foi às redes com o atacante Gabriel Lima. Os mineiros, que podiam ter se classificado por antecipação, desceram para quinto, fora do G-4, com os mesmos 26 pontos do Ituano. Os paulistas ficam na frente, em quarto, por terem dois gols a mais de saldo.

O Galo de Itu (SP) foi a vítima do Ypiranga. Os atacantes Neto Pessoa e Caprini marcaram para o clube de Erechim (RS), enquanto o zagueiro Sueliton descontou para o time do interior paulista, que atuou em casa. Se Londrina, Ypiranga e Brusque ganharem os respectivos compromissos na última rodada, Ituano (que encara o São Bento) e Tombense (que enfrenta o Boa Esporte) dependerão um do resultado do outro para saber quem avança.

O Boa, por sua vez, teve o rebaixamento decretado com a derrota por 1 a 0, em casa, para o São Bento. Com apenas 14 pontos e em último lugar no Grupo B, o time de Varginha (MG) vai disputar a Série D pela primeira vez em sua história. O Bentão, que balançou as redes com o atacante Coutinho, foi a 17 pontos e segue na penúltima colocação, ainda no Z-2, mas nutre esperanças de escapar da queda.

O clube de Sorocaba (SP) tem um ponto a menos que o Criciúma, que perdeu por 2 a 0 para o São José-RS, com dois gols de pênalti do goleiro Fábio – resultado que livrou os gaúchos do rebaixamento. Na última rodada, os paulistas precisam vencer o Ituano em casa e torcer para os catarinenses não derrotarem o Brusque em Criciúma (SC).

Confira a classificação da Série C do Campeonato Brasileiro.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist