Série A: Internacional vence Palmeiras na despedida de D'Alessandro

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


Foram 517 jogos, 95 gols, sete títulos estaduais, duas Recopas Sul-Americanas e uma Libertadores. Vestindo a camisa do Internacional, Andrés D’Alessandro escreveu uma das mais belas histórias de um jogador estrangeiro no futebol do Brasil. Neste sábado (19), o meia de 39 anos se despediu do Colorado como ele queria: com vitória no Beira Rio. O time gaúcho bateu o Palmeiras por 2 a 0, pela 30ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro e assumiu o quarto lugar, com 44 pontos, ultrapassando o próprio Verdão (41), que caiu para sexto.ebc Série A: Internacional vence Palmeiras na despedida de D'Alessandroebc Série A: Internacional vence Palmeiras na despedida de D'Alessandro

D’Alessandro era cotado para sair jogando, mas o técnico Abel Braga optou pelo jovem meia Praxedes, de 20 anos, que vinha sendo titular antes de integrar a seleção brasileira sub-20. Aos 41 minutos da etapa final, o argentino entrou em campo no lugar do meia Patrick. Ao pisar no gramado, recebeu do volante Rodrigo Dourado a braçadeira de capitão. O sistema de som do vazio Beira Rio ecoou as músicas que a torcida canta em homenagem ao camisa 10.

Emocionado, D’Ale foi cumprimentado e erguido pelos companheiros após o apito final, além de receber o carinho da família e assistir a um vídeo com momentos dele vestindo a camisa do Inter e depoimentos de atuais e antigos parceiros de equipe. Em breve discurso, o meia agradeceu à torcida colorada pelo apoio ao longo dos 12 anos em que atuou pelo clube.

Inter decide na eficiência

O primeiro tempo foi truncado, com o Palmeiras tendo a posse na maior parte do tempo (54%), mas finalizando uma vez, sem perigo, e cometendo o dobro de faltas do adversário. O Inter, mais reativo, foi também mais perigoso. Aos dez minutos, após cruzamento do lateral Moisés da esquerda, cabeçada de Rodrigo Dourado e grande defesa do goleiro Weverton, a bola sobrou para o meia Edenilson, na pequena área, concluir para o gol vazio. O Colorado quase ampliou em escorada do atacante Thiago Galhardo aos 23 minutos, por cima da meta.

Na etapa final, as equipes mostraram mais ímpeto ofensivo. Especialmente o Palmeiras, que, em 15 minutos, criou cinco situações de gol, sendo duas com o volante Gabriel Menino, uma com o lateral Matías Viña e duas com os meias Zé Rafael e Gustavo Scarpa – que acabaram sendo travadas pela zaga colorada. O Inter respondeu aos 16, em cabeçada de Thiago Galhardo que resvalou no travessão antes de sair. Aos 21, o travessão salvou os gaúchos de gol contra do zagueiro Victor Cuesta, após cruzamento do lateral palmeirense Mayke.

O Alviverde seguiu pressionando. Dos 23 aos 33 minutos, foram mais quatro oportunidades, todas com finalizações imprecisas. Na máxima do “quem não faz, toma”, o Inter chegou ao segundo gol. Aos 37 minutos, o atacante Yuri Alberto foi lançado por Edenilson, ganhou da marcação na velocidade e tocou por cima de Weverton para ampliar. O Colorado administrou a vantagem a partir daí, dando tempo para D’Alessandro dar os últimos trotes e passes como jogador do clube gaúcho.

Sem D’Ale, o Colorado volta a campo no outro domingo (27), às 16h (horário de Brasília), contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 27ª rodada do Brasileiro. No mesmo dia, às 18h15, o Palmeiras recebe o Red Bull Bragantino no Allianz Parque, em São Paulo. Antes disso, nesta quarta-feira (23), o Verdão joga em casa contra o América-MG, às 21h30, no duelo de ida do confronto pela semifinal da Copa do Brasil.

Confira a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro

Edição: Gustavo Faria

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist