Para Cássio, será uma decepção se o Corinthians não chegar à Libertadores-14

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook
O Corinthians não vence há seis rodadas no Campeonato Brasileiro e tem um jogo difícil nesta quarta contra o Grêmio, no Pacaembu, pelas quartas de final da Copa do Brasil.
Leia mais sobre o Corinthians

Segundo o goleiro Cássio, o sistema defensivo é a principal arma no torneio. "Temos confiança no grupo, que é forte e unido. Copa do Brasil é fazer um bom resultado e, de preferência, não tomar gol. Se não chegar à Libertadores seria uma decepção, até pelo que se espera do nosso time."

Por outro lado, o sistema ofensivo do Corinthians tem perdido muitas oportunidades de gols. Cássio acredita que falta tranquilidade.

"Precisa se manter organizado. Ano passado a gente segurou pressão diversas vezes e segurou o resultado. Somos muito fortes na bola defensiva, no escanteio."

O goleiro corintiano fez defesas importantes no empate da equipe diante do Cruzeiro por 0 a 0 no domingo.

"Sempre bom fazer uma grande partida. Fiz boas defesas que ajudaram o time a sair com um ponto. Espero continuar na mesma linha, tentar fazer o meu melhor sempre e buscar as vitórias, porque uma vitória vai dar muita confiança."

Cássio ainda mostrou apoio ao técnico Tite nesta má fase do time. "É um cara que me ajudou muito e a gente vai junto com ele até a morte, até o final."

Para o goleiro, falta um pouco de sorte ao Corinthians. "A maioria dos times mantém o esquema tático. Acho que cabe a nós jogadores sairmos desse esquema. Não o vejo como ultrapassado ou que os outros já sabem o que a gente vai fazer. A questão é que da bola não querer entrar. Nas horas decisivas o time vai crescer."

A primeira decisão contra o Grêmio ocorre na noite desta quarta, às 21h50, no Pacaembu. O jogo de volta na Arena Grêmio será apenas dia 23 de outubro.
O Corinthians não vence há seis rodadas no Campeonato Brasileiro e tem um jogo difícil nesta quarta contra o Grêmio, no Pacaembu, pelas quartas de final da Copa do Brasil.
Leia mais sobre o Corinthians

Segundo o goleiro Cássio, o sistema defensivo é a principal arma no torneio. "Temos confiança no grupo, que é forte e unido. Copa do Brasil é fazer um bom resultado e, de preferência, não tomar gol. Se não chegar à Libertadores seria uma decepção, até pelo que se espera do nosso time."

Por outro lado, o sistema ofensivo do Corinthians tem perdido muitas oportunidades de gols. Cássio acredita que falta tranquilidade.

"Precisa se manter organizado. Ano passado a gente segurou pressão diversas vezes e segurou o resultado. Somos muito fortes na bola defensiva, no escanteio."

O goleiro corintiano fez defesas importantes no empate da equipe diante do Cruzeiro por 0 a 0 no domingo.

"Sempre bom fazer uma grande partida. Fiz boas defesas que ajudaram o time a sair com um ponto. Espero continuar na mesma linha, tentar fazer o meu melhor sempre e buscar as vitórias, porque uma vitória vai dar muita confiança."

Cássio ainda mostrou apoio ao técnico Tite nesta má fase do time. "É um cara que me ajudou muito e a gente vai junto com ele até a morte, até o final."

Para o goleiro, falta um pouco de sorte ao Corinthians. "A maioria dos times mantém o esquema tático. Acho que cabe a nós jogadores sairmos desse esquema. Não o vejo como ultrapassado ou que os outros já sabem o que a gente vai fazer. A questão é que da bola não querer entrar. Nas horas decisivas o time vai crescer."

A primeira decisão contra o Grêmio ocorre na noite desta quarta, às 21h50, no Pacaembu. O jogo de volta na Arena Grêmio será apenas dia 23 de outubro.

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist