Lei do ex: Rony lidera vitória do Palmeiras sobre Athletico-PR

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


Após um tropeço inesperado contra o lanterna Goiás, o Palmeiras reencontrou o caminho da vitória pela Série A do Campeonato Brasileiro neste sábado (28). No Allianz Parque, em São Paulo, o Palmeiras superou o Athletico Paranaense por 3 a 0 pela 23ª rodada da competição. Com 37 pontos, o Verdão assumiu o quarto lugar, a cinco pontos do líder Atlético-MG, mas pode cair para quinto se o Internacional pontuar diante do Atlético-GO, também neste sábado, às 21h (horário de Brasília). O Furacão, com 28 pontos, saiu da metade de cima da tabela.ebc Lei do ex: Rony lidera vitória do Palmeiras sobre Athletico-PRebc Lei do ex: Rony lidera vitória do Palmeiras sobre Athletico-PR

Os números escancaram a superioridade alviverde na partida: foram mais de 20 finalizações a gol, contra três dos rubro-negros – que tiveram encerrada uma sequência de três triunfos consecutivos na Série A. O time paranaense foi a campo repleto de desfalques pelo novo coronavírus (covid-19). Entre as ausências, estavam os goleiros Santos e Jandrei. Sem poder relacionar Mycael, 16 anos, que está com a seleção brasileira sub-17 e não foi liberado, o Athletico só teve um arqueiro à disposição: Bento, de 21 anos.

Sete minutos. Foi o que o Palmeiras – que também sofre com desfalques pela covid-19 – precisou para abrir o placar com o volante Patrick de Paula, após passe do meia Lucas Lima. O meia Gustavo Scarpa, que parou na trave e em Bento, e o zagueiro Gustavo Goméz chegaram perto. Coube a um ex-atacante do Athletico marcar o segundo do Verdão. Aos 34 minutos, após uma bola dividida pelo lateral Gabriel Menino e Bento, Rony completou para as redes.

Como a “lei do ex” é implacável, Rony ainda marcou o terceiro, desviando de cabeça uma cobrança de escanteio do meia Zé Rafael, aos quatro do segundo tempo. Superior, o Verdão se manteve no comando das ações e só não ampliou porque o atacante Gabriel Silva escorou uma bola para fora – quase na pequena área – e depois parou em outra defesa de Bento.

Palmeiras e Athletico-PR voltam as atenções aos jogos de volta nas oitavas de final da Libertadores. O Verdão recebe o Delfin, do Equador, na próxima quarta-feira (2), às 19h15 (horário de Brasilia). Na terça (1º de dezembro), também às 19h15, o Furacão visita o River Plate, da Argentina.

Outro que segue na briga pelo título é o Santos. Também neste sábado (28), o Peixe derrotou o Sport por 4 a 2 na Vila Belmiro, e foi aos mesmos 37 pontos do Palmeiras. O Alvinegro fica atrás do Verdão pelo saldo de gols e encerrará a rodada na zona de classificação para a próxima edição da Libertadores. O Leão, com 25 pontos, está em 16º e pode cair para o Z-4 se o Vasco superar o Ceará nesta segunda-feira (30), às 18h. O duelo marcou a volta do técnico Cuca ao banco de reservas santista, após se recuperar da covid-19.

O Santos abriu 2 a 0 em apenas 11 minutos, com gols dos atacantes Marinho (em pênalti polêmico) e Lucas Braga. O Sport empatou antes do intervalo, com os atacantes Marquinhos e Leandro Barcia. O Peixe acordou na etapa final e voltou a frente com o atacante Bruninho, de cabeça. O também atacante Yeferson Soteldo – cuja camisa 10 fez homenagem ao ídolo argentino Diego Maradona, falecido na última quarta-feira (25) – fechou o marcador, em nova cobrança de penalidade.

Santos e Sport retornam a campo no domingo da próxima semana (6), pela 24ª rodada da Série A. Às 16h, o Peixe realiza o clássico com o Palmeiras na Vila Belmiro. Já às 20h30, o Leão visita o São Paulo no Morumbi, na capital paulista.

Confira a classificação completa da Série A do Campeonato Brasileiro.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist