Menu...

25 de setembro de 2018

Grêmio goleia o Criciúma fora de casa


Hospital de Olhos

O Grêmio nem precisou fazer muita força para superar o lanterna Criciúma no Heriberto Hülse. Com facilidade, e fora de casa, o time de Felipão venceu por 3 a 0 neste sábado, com gols de Dudu, Barcos e Ramiro. Com o resultado, o Tricolor vai a 60 pontos na tabela e dorme no terceiro lugar. O próximo adversário é o líder Cruzeiro, quinta-feira, 21h50min, na Arena.

Nem parecia que o Grêmio era visitante, já que iniciou pressionando os donos da casa. Logo a um minuto, por pouco não abriu o placar em chegada de Luan, lançado por Barcos, que finalizou sobre o gol adversário. A cinco minutos, outra chance em cruzamento de Zé Roberto, que Ramiro por pouco não aproveitou.

Grêmio logo marca o primeiro gol

Posicionado no campo do Criciúma, o Grêmio não demorou a marcar o primeiro gol. Aos 12 minutos, Dudu aproveitou falha do zagueiro Joílson, roubou a bola e disparou. Invadiu a área, driblou o goleiro Bruno e só teve o trabalho de dar um tapinha na bola com o pé direito antes de sair para o abraço: 1 a 0.

Depois do gol, o Criciúma até tentou dar o troco em arrancada de Bruno Cortez, pela esquerda, que cruzou para a Souza, interceptado por Fellipe Bastos. Mas quem levou perigo mesmo foi o Grêmio. Aos 20, Zé Roberto cruzou na área e a bola sobrou para Pará, que emendou belo chute da entrada da área e acertou o travessão de Bruno.

Por alguns minutos, o time de Felipão diminuiu o ritmo de marcação e deixou alguns espaços ao Criciúma. Mas nada que levasse muito perigo, nem mesmo aos 33 minutos, quando Souza tentou tabelar com Lucca, mas foi interceptado por Geromel.

Em seguida, o Grêmio ampliou. Aos 37, Zé Roberto cobrou escanteio, Barcos ludibriou a marcação e escorou de cabeça no ângulo de Bruno, ampliando a vantagem gremista no placar. Mesmo com o 2 a 0, o time de Felipão sofreu uma perda: Fellipe Bastos recebeu o terceiro cartão amarelo e será desfalque contra o Cruzeiro na quinta-feira.

— Entramos com a mesma mentalidade do Gre-Nal. Os gols saíram naturalmente — comentou Zé Roberto no intervalo.

O Grêmio voltou com a mesma formação para o segundo tempo. E também o mesmo ímpeto. Logo na primeira chegada, Luan fez bela finta no meio-campo e tocou para Barcos, que não conseguiu finalizar.

Com o ingresso do veterano Paulo Baier no intervalo, o Criciúma tentou tocar mais a bola. Lanterna do Brasileirão, o time catarinense, praticamente rebaixado à Série B, chegou aos oito minutos com Lucca, que finalizou para defesa de Grohe. No minuto seguinte, o árbitro Raphael Claus paralisou o jogo e recolheu um objeto lançado pela torcida do Grêmio ao gramado — uma haste de óculos. O incidente deve ser relatado em súmula e pode trazer complicações ao time gaúcho no STJD.

Mas o Grêmio seguia com o domínio do jogo. E Barcos buscava seu 15º gol no Brasileirão — que lhe deixaria como artilheiro da competição ao lado de Henrique, do Palmeiras. Foram três arremates em sequência do argentino: aos 10, aos 12 e aos 15 minutos.

Só que foi dos pés de Ramiro que veio o terceiro gol. Aos 20, o volante recebeu belo passe de Dudu, dentro da área, e desviou de Bruno para marcar o 3 a 0. E Barcos ainda teria mais outra chance, aos 22, mas o goleiro do Criciúma fez bela defesa para evitar o quarto gol.

Ao final do jogo, festa da torcida do Grêmio no Heriberto Hülse. Restam quatro degraus até a América.

via – Zero Hora.

Tags: ,

Comente aqui

tristique massa Phasellus felis in dolor