Goiás busca empate com Bahia no fim, mas empate é ruim para ambos

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


O movimentado empate por 3 a 3 entre Bahia e Goiás inaugurou a 35ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro neste sábado (6), na Arena Fonte Nova, em Salvador. Apesar do jogo emocionante, com duas viradas no placar e o empate esmeraldino nos acréscimos, o resultado foi ruim para ambos, que lutam contra o rebaixamento à Série B.ebc Goiás busca empate com Bahia no fim, mas empate é ruim para ambosebc Goiás busca empate com Bahia no fim, mas empate é ruim para ambos

O Tricolor de Aço deixa temporariamente o Z4 e assume a 16ª posição, com os mesmos 37 pontos do Vasco, ficando à frente do Cruzmaltino por ter uma vitória a mais (dez a nove). O Gigante da Colina ainda joga na rodada e pode ultrapassar novamente os baianos. O Verdão permanece em penúltimo lugar, com 33 pontos, e segue na zona de rebaixamento, podendo ter a queda decretada na próxima jornada, conforme os demais resultados.

No primeiro terço da etapa inicial, o Goiás foi melhor. Não à toa, foi quem abriu o placar aos 16 minutos, após uma penalidade marcada com auxílio do árbitro de vídeo. O atacante Vinícius recebeu na esquerda, cruzou e a bola tocou no braço do volante Gregore. Alertado pelo VAR, o árbitro Rafael Traci assinalou a infração. Ex-Bahia, Fernandão bateu forte, no meio do gol. O goleiro Anderson defendeu com os pés, mas a bola bateu no travessão e, no rebote, o próprio centroavante empurrou para as redes.

A partir daí, o Tricolor se soltou e respondeu rapidamente. Aos 25 minutos, o zagueiro David Duarte afastou mal e o atacante Gilberto, na sobra, soltou a bomba para empatar. Aos 35, o Esmeraldino quase retomou a dianteira com Fernandão, que finalizou quase da entrada da pequena área, após passe de trivela do meia Shaylon, mas Anderson mandou para escanteio. A virada veio aos 47 minutos. Gilberto lançou Gabriel Novaes pela esquerda, dentro da área. O atacante cortou David Duarte e bateu no canto.

Porém, a vantagem baiana só durou até os três minutos do segundo tempo: o atacante Índio cruzou pela direita e Vinícius, entre dois marcadores e o goleiro, igualou o marcador de cabeça. A missão tricolor de buscar a vitória parecia ficar mais difícil aos 20 minutos, com a expulsão de Daniel. O meia, que tinha entrado havia sete minutos, dividiu a bola com o atacante Rafael Moura, ambos com o pé alto. Rafael Traci, porém, entendeu que o camisa 8 do Bahia foi agressivo e deu o cartão vermelho direto.

Com um a mais, o Goiás tentou aumentar o volume ofensivo. Aos 27 minutos, os chutes dos volantes Miguel Ferreira e Ariel Cabral passaram rente à meta baiana. Em meio ao cenário desfavorável, o Tricolor voltou a ficar à frente aos 33 minutos. O meia Alesson aproveitou um chutão de Anderson e ficou na cara de Marcelo Rangel. O camisa 21 driblou o goleiro e mandou para o gol. O Esmeraldino pressionou e, no último minuto dos acréscimos, Fernandão, de cabeça, fez valer novamente a lei do ex e deu números finais ao placar.

A luta de ambos contra o rebaixamento segue no próximo sábado (13). O Goiás abre a 36ª rodada do Brasileirão contra o Botafogo, às 17h (horário de Brasília), no estádio da Serrinha, em Goiânia, com transmissão da Rádio Nacional. O Verdão tem de ganhar para ter alguma esperança de não ter a queda decretada por antecipação. Já o Bahia visita o Atlético-MG às 19h, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Confira a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist