Menu...

24 de setembro de 2018

Fifa solicita cancelamento de vagas reservadas em hotéis de Curitiba


Hospital de Olhos

Entidade pediu desbloqueio de mais de 3 mil vagas durante a Copa.
Jogos de pouco apelo motivaram o pedido, segundo associação dos hotéis.

Mesmo antes de ser definido se Curitiba se manterá, ou não, como uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, o setor hoteleiro já trabalha com um cenário menos otimista do que o previsto anteriormente. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Paraná (Abih-PR), após o sorteio das partidas do Mundial, a Fifa solicitou o desbloqueio de até 3.250 leitos que já estavam reservados para o evento na cidade.

Segundo o presidente da Abih-PR, Henrique Lenz, a solicitação da Fifa foi feita no início do ano, antes do ultimato dado pela entidade ao Atlético-PR e às autoridades locais. “Nós tivemos a infelicidade de pegar algumas seleções que não atraem muitos turistas e público, como Argélia, Nigéria, Irã. A Fifa, se programando com essa quebra, sinalizou a intenção de cancelar entre 20% e 25% das 13 mil hospedagens contratadas desde 2010”, afirmou Lenz, em entrevista ao G1.

Hoteis receberam melhorias para receber turistas durante a Copa (Foto: Divulgação/ Grupo Lancaster)Hoteis receberam melhorias para receber turistas durante a Copa (Foto: Divulgação/ Grupo Lancaster)

A decisão não é definitiva, diz o hoteleiro, mas serve como alerta aos empresários do setor. Lenz admite que a vinda de equipes de menor expressão pode gerar impacto na procura, mas que aposta no potencial de atração de seleções como Espanha, Rússia e Austrália. “Além disso, cada hotel, com seu departamento de reservas, deve procurar vender algumas promoções para estimular a vinda de mais turistas”, sugere.

Além dos descontos, outra estratégia dos hotéis deve ser a aposta em atendimento especializado aos visitantes de culturas diferentes. “Inclusive, no meu hotel eu acabei de contratar uma governanta que trabalhou em navios por 15 anos, e conhece a cultura do Irã, da Nigéria, de diversos desses países. Ela está passando diversos treinamentos aos funcionários”, contou Lenz.

Cancelamento
Insatisfeita com o andamento das obras da Arena da Baixada, que já deveriam ter sido concluídas, a Fifa deu um ultimato ao Atlético-PR, à Prefeitura de Curitiba e ao Governo do Paraná. Se as obras não avançarem significativamente até o dia 18 de fevereiro, Curitiba pode ser excluída, e os jogos programados devem ser direcionados para outras sedes.

Para Lenz, essa possibilidade seria catastrófica para o setor, que investiu pesado em melhorias. “Investimos em edificação, manutenção e mão-de-obra, a gente não pode nem cogitar que não tenha Copa em Curitiba”, diz. “Foi até boa essa chamada, tenho certeza de que tudo estará pronto, e vamos fazer uma Copa belíssima em Curitiba”, acrescentou o empresário.

Fonte: G1

Tags: , ,

Comente aqui

nunc mi, dolor. Curabitur leo. vulputate, amet, felis commodo leo