Botafogo bate Ceará e assegura retorno à elite do Brasileiro Feminino

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


O Botafogo está de volta à elite do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino após seis anos. Neste domingo (20), as Gloriosas venceram o Ceará por 1 a 0 no estádio Estádio Carlos de Alencar Pinto, o Vovozão, em Fortaleza, e garantiram não só a classificação às semifinais da Série A2 (segunda divisão), como também o acesso à Série A1 (primeira divisão) do ano que vem. Já as cearenses voltam a cair nas quartas de final. Em 2019, elas foram superadas na mesma fase pelo Cruzeiro, que acabou subindo de divisão.ebc Botafogo bate Ceará e assegura retorno à elite do Brasileiro Femininoebc Botafogo bate Ceará e assegura retorno à elite do Brasileiro Feminino

As cariocas entraram em campo tendo vencido o jogo de ida, há uma semana, por 2 a 1 no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. A vantagem ficou ainda maior nos primeiros 20 segundos, quando a atacante Kélen invadiu a área pela direita, recebeu a bola nas costas da zaga e bateu cruzado. A partida transcorreu de forma truncada, mas equilibrada, nas duas etapas. Liderado pela atacante Jade, o Ceará aumentou a pressão no segundo tempo e teve chances de empatar, mas o placar não se alterou, para festa das botafoguenses.

Na próxima fase, o Botafogo terá pela frente o Bahia, que superou o Fortaleza em outro duelo das quartas de final. O Tricolor de Aço também está garantido na Série A1 de 2021, assim como os outros semifinalistas, Real Brasília e Napoli-SC. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda divulgará datas e horários dos jogos. A previsão é que eles ocorram entre 10 e 17 de janeiro do ano que vem.

A última participação do Botafogo na divisão principal do Brasileiro Feminino foi em 2014, quando ficou em quarto. Na ocasião, o elenco era formado em parceria com a Marinha, que a partir de 2015 se juntou ao Flamengo. O projeto da modalidade acabou descontinuado no clube alvinegro, sendo retomado no ano passado, de forma definitiva. A primeira participação na A2, porém, não foi a esperada: eliminação ainda na primeira fase, em último lugar no Grupo 6 e na 31ª colocação geral (entre 36 times).

Neste ano, porém, a história foi diferente. Na primeira fase, as Gloriosas encerraram o Grupo E na liderança, ficando à frente de Real Brasília, Atlético-MG, Vasco, Goiás e Vila Nova-ES. No mata-mata, antes de passarem pelo Ceará, as alvinegras eliminaram o Foz Catararas-PR, com vitórias também por 2 a 1 e 1 a 0. A campanha é de sete vitórias, um empate e uma derrota, com 17 gols marcados e oito sofridos.

Os clubes que subiram da Série A2 substituirão os quatro rebaixados na Série A1 deste ano: Iranduba, Audax, Vitória e Ponte Preta.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist