Basquete: Caio Pacheco brilha de novo e Brasil se garante na AmeriCup

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


O Brasil chegou à quarta vitória em quatro jogos pelas eliminatórias da AmeriCup (Copa América de Basquete Masculino). Neste sábado (28), o time comandado pelo croata Aleksandar Petrovic bateu o Paraguai por 73 a 50, no ginásio Obras Sanitarias, em Buenos Aires (Argentina). O armador Caio Pacheco, com 18 pontos, foi o cestinha do duelo. O resultado garantiu a classificação brasileira à próxima edição do torneio continental.ebc Basquete: Caio Pacheco brilha de novo e Brasil se garante na AmeriCupebc Basquete: Caio Pacheco brilha de novo e Brasil se garante na AmeriCup

A próxima AmeriCup seria disputada no ano que vem, mas foi adiada para 2022 devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). A seleção brasileira é a líder entre as quatro que integram o Grupo B das eliminatórias, com oito pontos, não podendo mais ser ultrapassada pelo lanterna Paraguai, com quatro pontos. A vitória vale dois pontos e a derrota um ponto. A chave ainda tem Uruguai e Panamá. Os três primeiros vão à competição continental, que é classificatória para os Jogos Pan-Americanos de Santiago (Chile) em 2023.

Mesmo garantido na AmeriCup, o Brasil ainda tem dois jogos pela frente nas eliminatórias, ambos em fevereiro. No dia 19, a Seleção pega o Panamá – a quem venceu na última sexta-feira (27), também em Buenos Aires e com grande atuação de Caio Pacheco. Três dias depois, reencontra o Paraguai. Os locais e horários dessas partidas ainda não foram anunciados pela Federação Internacional de Basquete (FIBA).

Petrovic começou o jogo contra os paraguaios com três mudanças em relação à equipe que superou o Panamá. Os armadores Alexey e Caio Pacheco e o ala-armador Danilo Fuzaro entraram nas vagas de Gui Carvalho, Georginho e Yago, respectivamente. O ala-pivô Lucas Dias e o pivô Rafa Mineiro seguiram entre os titulares. No primeiro quarto, o Brasil passeou e fez 30 a 7 com facilidade. Destaque diante dos panamenhos, Caio Pacheco anotou 10 pontos e ainda deu duas assistências.

A Seleção, porém, acabou se acomodando com a vantagem, errando muitos lances livres – antes do intervalo, o aproveitamento beirou os 50%, apenas – e viu o adversário crescer na partida. As mexidas do técnico croata não funcionaram e o Paraguai foi melhor no segundo quarto, vencendo a parcial por 20 a 16 e reduzindo a diferença de 23 para 19 pontos.

Para o terceiro quarto, Petrovic retornou com o quinteto que iniciou o jogo. Apesar da ótima atuação de Caio Pacheco, o restante da equipe parecia não estar na mesma sintonia. O Paraguai aproveitou e diminuiu a vantagem brasileira para 12 pontos. No minuto derradeiro da parcial, Gui Carvalho assinalou cinco pontos em sequência e evitou um prejuízo maior à Seleção – que foi para os últimos 10 minutos com 17 pontos de frente.

O Brasil retomou o controle da partida no quarto final e só administrou a vitória. A defesa voltou a funcionar bem, cedendo apenas oito pontos aos paraguaios. No ataque, os brasileiros anotaram mais 14 pontos e liquidaram o jogo em 73 a 50.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist