Após doping, Andressa Morais é liberada e voltará às competições

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


A atleta Andressa Morais, nona colocada no ranking mundial do lançamento do disco, será uma das atrações do GP Brasil de Atletismo. O evento está programado para este domingo, à partir das 13h30, no Centro Olímpico, em São Paulo.    ebc Após doping, Andressa Morais é liberada e voltará às competiçõesebc Após doping, Andressa Morais é liberada e voltará às competições

A participação da brasileira era dúvida. Mesmo inscrita na prova, ela aguardava uma decisão do julgamento sobre a suspensão por doping recebida durante os Jogos Pan-Americanos de 2019, em Lima. Na ocasião, Andressa ficou com a medalha de prata e com o recorde sul-americano ao alcançar a marca de 65 metros e 98 centímetros de distância. Mas testou positivo para a substância anabolizante proibida SARM. 

A decisão do caso foi publicada nesta sexta-feira (4) pela Unidade de Integridade do Atletismo (AIU, sigla em inglês). O órgão aplicou uma pena de um ano e quatro meses. Suspensão retroativa a 6 de agosto de 2019.

Mesmo liberada para voltar às competições, a atleta da Seleção Brasileira e do Pinheiros perdeu a medalha e o recorde conquistados em Lima. A prata fica agora para a também brasileira Fernanda Borges e o bronze será da cubana Denia Caballero. 

Andressa Morais é uma das principais esperanças de medalhas do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021. Em 2018, ela foi vice-campeão da Diamond League, principal circuito mundial do atletismo, e finalizou as duas últimas temporadas no top 10 do ranking mundial. Mesmo liberada para voltar a competir, Andressa ainda está garantida nos Jogos de Tóquio. O índice olímpico no lançamento do disco é 63 metros e 50 centímentros.

Edição: Marcio Parente

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist