Aberto da Austrália: brasileiros voltam à quadra nas duplas mistas

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


Os três representantes do país que permanecem no Aberto da Austrália têm compromissos pela chave de duplas mistas nesta terça-feira (16). O mineiro Marcelo Melo, que joga ao lado da russa Vera Zvonareva, enfrenta a norte-americana Desirae Krawczyk e o britânico Joe Salisbury por volta da 0h30 (horário de Brasília). Já a parceria 100% brasileira, formada pela paulista Luisa Stefani e outro mineiro, Bruno Soares, encara os australianos Samantha Stosur e Matthew Ebden em horário que ainda será anunciado pela organização.ebc Aberto da Austrália: brasileiros voltam à quadra nas duplas mistasebc Aberto da Austrália: brasileiros voltam à quadra nas duplas mistas

Os dois jogos são válidos pela segunda rodada e valem classificação às quartas de final. As parcerias com participação podem se cruzar somente na semifinal. Do trio, Bruno é o único que foi campeão nas duplas mistas no Grand Slam australiano, disputado na cidade de Melbourne. Em 2016, venceu o torneio ao lado da russa Elena Vesnina.

Bruno também continua vivo na chave de duplas masculinas. Na madrugada desta segunda-feira (15), no horário de Brasília, ele e o britânico Jamie Murray derrotaram o italiano Simone Bolelli e o argentino Máximo González por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 6/7 (5/7), 6/2 e 6/4, em duas horas e 31 minutos de jogo. Nas quartas de final, a parceria terá pela frente o salvadorenho Marcelo Arévalo e o holandês Matwé Middelkoop. A partida ainda será marcada pela organização.

Marcelo não teve a mesma sorte nas duplas masculinas. Também nesta segunda, ele e o romeno Horia Tecau foram superados pelo croata Ivan Dodig (parceiro do brasileiro por cinco anos) por 2 sets a 0, com parciais de 4/6 e 3/6, em uma hora e 26 minutos de partida. Após o jogo, o tenista brasileiro voltou a quadra, desta vez para estrear com vitória nas duplas mistas – ao lado de Vera Zvonareva – sobre Máximo González e a chinesa Yifan Xu, por 2 sets a 1, com parciais 4/6, 6/3 e 10/7, após uma hora e 16 minutos de bolas trocadas.

“Eu tinha jogado uma vez com a Vera já em Wimbledon. E hoje [segunda] ganhamos um jogo muito difícil. Conseguimos virar depois de perder o primeiro set. No match tie-break [terceiro set], também estávamos abaixo, [perdendo por] 6-3. Foi legal. Agora amanhã [terça] jogamos na quadra grande, na Margaret. Então vamos aproveitar e ir com tudo, quem sabe com mais uma vitória”, declarou Marcelo, em comunicado à imprensa.

Edição: Gustavo Faria

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist