Press "Enter" to skip to content

Seduc inicia cursos técnicos via mediação tecnológica para 13 mil estudantes

O Governo do Piauí trabalha para permitir a permanência dos alunos e condições de aprendizado, de forma que sejam bem sucedidos na prática profissional promovendo mais do que apenas o acesso a esta modalidade de ensino. Pensando assim, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) iniciou, na manhã desta segunda-feira (2), a oferta de Cursos técnicos concomitantes via Mediação Tecnológica. A transmissão da abertura teve início às 7h e as equipes da Unidade de Educação Técnica e Profissional (Uetep) e Unidade de Educação com Mediação Tecnológica (Uemtec) estavam no estúdio em um plantão especial à disposição para eventuais dúvidas, orientações e envios dos arquivos que foram solicitados.

Na ocasião, a superintendente de Ensino Superior da Seduc, Lourdes Lopes; a diretora do Canal Educação, Viviane Holanda; e coordenadora de apoio pedagógico dos cursos concomitantes da Uetep, Monique Barros, fizeram uma apresentação geral sobre a qualificação, no que diz respeito a carga horária e objetivo das atividades.

Os cursos ofertados pela Seduc são: Logística, Qualidade, Secretariado, Cooperativismo, Finanças e Recursos Humanos. Com duração de dois anos, as ofertas objetivam formar profissionais capazes de contribuir ao desenvolvimento local e regional, dando condições para que os alunos não necessitem sair de seus municípios para buscar capacitação.

De acordo com a superintendente da Seduc, Lourdes Lopes, cerca de 13.000 estudantes estão sendo beneficiados, distribuídos em aproximadamente 250 turmas no Piauí, trazendo assim, mais oportunidade ao estudante piauiense. “Os cursos foram planejados de acordo com as necessidades territorial, tivemos uma consultoria da Macroplan, onde ela planejou junto com a equipe do profissional da Seduc. Os seis cursos ofertados foram escolhidos baseado em uma pesquisa. Queremos mais alunos inseridos no mercado de trabalho, hoje estamos com 13 mil estudantes já matriculados, nossa expectativa é atingir muito mais. Temos vagas para atender um universo de 20 mil alunos”, afirma a superintendente Lourdes.

Segundo a coordenadora de apoio pedagógico da Uetep, Monique Barros, os cursos aceleram a entrada do aluno no mercado de trabalho e buscam suprir uma demanda por mão de obra especializada e qualificada, sem tirar a possibilidade de continuar busca do ensino superior. “Todos os nossos cursos são do eixo gestão e negócios, atendendo uma necessidade estadual. Esperamos que tudo ocorra como planejado, o estado se desenvolva e o estudante que receba essa qualificação consiga ser uma mão de obra especializada”, relata Monique.

A diretora do Canal Educação, Viviane Holanda, falou que é a segunda oferta de Cursos técnicos concomitantes via Mediação Tecnológica. “Esse ano, estamos em todos os territórios de desenvolvimento do estado levando cursos e olhando para a oferta de nicho de mercado que foi estruturado. Estamos utilizando o lema nenhum a menos, porque queremos que o aluno comece e conclua o curso sabendo que a qualificação faz sentido e que essa mão de obra vai chegar no município desenvolvendo o estado como todo”, conclui Viviane.

As inscrições continuam abertas e podem ser realizadas na própria escola, por alunos regularmente matriculados na 1ª e 2ª série do Ensino Médio Regular. Os participantes têm ainda a oportunidade de aliar o ensino médio com cursos profissionalizantes, destacando de cedo suas habilidades.

Repórter: Michele Furtado

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *