Press "Enter" to skip to content

‘Ninguém será prejudicado’, diz ministro da Educação ao confirmar notas erradas no Enem

O presidente do Instituto Nacional e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, apontou inconsistências que teriam afetado a segunda prova do Enem 2019. Um grupo, segundo informações do Inep, teve o gabarito trocado após a realização das provas.

Alexandre Lopes acredita que, menos de 1% dos candidatos foi afetado, o que representa cerca de 40 mil pessoas. No Twitter, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, confirma a inconstência no gabarito de algumas provas.

“Houve inconsistência no gabarito de algumas provas do Enem 2019 e, por isso, candidatos foram surpreendidos com os resultados de suas notas. O número é muito baixo. Até segunda-feira, dia 20, tudo será resolvido. Pedimos desculpas aos participantes do exame pelo transtorno”, disse ele.

Ao lado do presidente do Inep, o ministro considera que “não pode haver uma injustiça como esta”, ocasião em que ele assegura que “ninguém será prejudicado”.

Alexandre Lopes assegura que as providências estão sendo tomadas. “Nós já estamos fazendo uma busca ampliada para encontrar inconsistência, mas quem se sentir prejudicado pode entrar em contato conosco para uma avaliação manual da sua prova [email protected]

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *