Contas públicas fecham novembro com saldo negativo de R$ 18,2 bilhões

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook


O Governo Central – Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência Social – registrou déficit primário de R$ 18,241 bilhões, em novembro, informou hoje (29) a Secretaria do Tesouro Nacional. O resultado apresentou crescimento real (descontada a inflação) de 5,5%, em relação a novembro de 2019. É o maior saldo negativo para o mês desde novembro de 2016, quando ficou em R$ 44,324 bilhões.ebc Contas públicas fecham novembro com saldo negativo de R$ 18,2 bilhõesebc Contas públicas fecham novembro com saldo negativo de R$ 18,2 bilhões

O déficit primário é o saldo negativo nas contas do governo, com despesas maiores que as receitas, sem considerar nesse cálculo os gastos com juros da dívida pública.

Apesar do crescimento do déficit, o resultado de novembro foi melhor que a expectativa do mercado financeiro (pesquisa Prisma Fiscal do Ministério da Economia), que indicava um déficit de R$ 55,1 bilhões.

“Assim como nos meses anteriores, o déficit observado em novembro é influenciado pelo aumento das despesas do Poder Executivo decorrentes de medidas de combate à crise da covid-19”, diz o relatório do Tesouro Nacional.

No entanto, acrescenta o Tesouro, o recolhimento em novembro de parte das receitas adiadas no início da pandemia resultou em impacto positivo no fluxo de arrecadação. A receita total de novembro de 2020 (R$ 139,760 bilhões) cresceu 5,4% em termos reais quando comparada ao mesmo mês de 2019. A despesa total chegou a R$ 131,381 bilhões, com aumento de 6,4%.

Resultado acumulado

De janeiro a novembro, o déficit primário ficou em R$ 699,105 bilhões, contra R$ 80,428 bilhões, em igual período de 2019.

Até o mês passado, os gastos com as medidas de combate à crise causada pela pandemia de covid-19 totalizaram R$ 487,4 bilhões.

Em 12 meses até novembro, o déficit primário chegou a R$ 732,9 bilhões, o equivalente a 9,6% do Produto Interno Bruto (PIB). A atual projeção do governo para o déficit primário é de R$ 831,8 bilhões, cerca de 11,5% do PIB, neste ano.

Edição: Bruna Saniele

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist