acusado de matar professor ladel franklin são pedro

Justiça condena acusado de matar professor de São Pedro do Piauí a 30 anos de prisão

Mauro Lúcio da Silva, acusado de matar o professor de São Pedro do Piauí, Landel Lima Frnklin, foi condenado nesta terça-feira (5) a 30 anos de prisão em regime fechado.

A sentença foi dada pelo juiz Francisco ds Chagas Ferreira. A ação criminosa vitimou o professor em um latrocínio ocorrido no dia 25 de setembro de 2017.

Conforme veiculado no SOMOS NOTÍCIA, o acusado do crime foi capturado no dia 31 de outubro na comunidade Almesca, em Parnarama-MA, por meio de uma ação da Delegacia Regional de Água Branca, que cumpriu contra ele um mandado de prisão que estava em aberto. Identificado como Alex Santana, o acusado teria confessado o crime sob o argumento de que estava sob efeito de entorpecente.

O professor foi morto a aproximadamente 500 metros da própria residência, na fazenda Tinguis, que fica na zona rural de São Pedro do Piauí. Durante o assalto, ele teria tentado fugir, mas foi baleado nas costas.

Um dos pontos destacados pelo juiz na sentença aponta que “em análise aos depoimentos prestados sob o crivo do contraditório e ampla defesa têm-se provas coesas e contundentes de autoria e materialidade, não restando dúvida que o acusado Mauro Lúcio da Silva subtraiu coisa alheia móvel para si, mediante violência, com resultado morte”.

Ainda como parte da sentença, Mauro Lúcio da Silva deverá efetuar o pagamento de 144 dias-multa, no valor 1/30 do salário mínimo vigente à época do fato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *