Press "Enter" to skip to content

Pesquisa aponta que 87% dos franciscoenses acreditam que município está no rumo certo

Uma pesquisa realizada no município de São Francisco do Maranhão pela empresa Escutec – Pesquisa de Mercado e de Opinião Pública, trouxe como resultado a informação de que 87% dos entrevistados acreditam que o município, sob a gestão do prefeito Adelbarto Santos, está no rumo certo.

A pesquisa selecionou entrevistados utilizando-se quotas proporcionais em função das variáveis: sexo, idade, instrução, renda e religião. Ao todo, foram ouvidas 300 pessoas acima de 16 anos com coleta de dados entre os dias 12 e 13 de julho de 2020.

Segundo dados, 87% disseram que, em relação ao futuro de São Francisco do Maranhão, o município está no caminho certo e apenas 5% acreditam que está no rumo errado. Dos que acham que São Francisco do Maranhão está no rumo certo, 83% são jovens entre 16 e 24 anos; 87% tem entre 25 e 34 anos; 88% tem entre 35 e 59 anos e 90% possui mais de 60 anos.

De acordo com a instrução dos entrevistados, 90% é analfabeto ou apenas sabe ler escrever; 83% tem Ensino Fundamental Completo/Incompleto; 86% tem Ensino Médio completo/incompleto; e ainda 100% tem Ensino Superior Completo/incompleto.

Quanto à renda mensal, 86% dos entrevistados tem até 1 salário mínimo, 89% recebem até 3 salários mínimos, e 87% recebe mais de três salários mínimos.

Entre os religiosos entrevistados em São Francisco do Maranhão, 92% dos católicos acreditam que o município está no rumo certo; 83% de evangélicos também acreditam; e 50% de outras formas de religião também acreditam que São Francisco está no rumo certo.

A pesquisa trouxe também informações sobre a aprovação dos franciscoenses acerca da administração do governador Flávio Dino.

Segundo dados, 77% aprovam e 20% desaprovam. Desse total que aprova, 78% são homens e 77% mulheres; entre os jovens 81% tem entre 26 e 24 anos, 77% tem entre 25 e 34 anos, 79% tem entre 35 e 59 anos. Dentre os idosos que aprovam a administração de Flávio Dino, 74% são idosos com mais de 60 anos.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *