Menu...

18 de julho de 2019

‘Arrastão Cultural’ do Instituto Animu’s e ARC mobiliza grande público em Regeneração


Hospital de Olhos

Publicidade

O Instituto Animu’s e a Associação Sociocultural Regeneração de Capoeira (ARC) realizaram no final da tarde deste sábado (15) um ‘Arrastão Cultural’ ao longo da avenida Alberto Leal Nunes, até a Praça da Igreja Matriz, no Centro de Regeneração.

O ‘Arrastão’ foi considerado pelos participantes um verdadeiro desfile social e cultural, que contou com atividades apresentadas por jovens e adultos de Regeneração e Amarante ao longo do percurso.

Dentre as ações ao público regenerense, houve capoeira, apresentações do Projeto Sócio-Educativo-Preventivo Mirim Cidadão de Amarante, como também o grupo Girassol – com idosos de Amarante.

“Estamos pensando também nos organizando para capacitar pessoas por meio de cursos livres que vão ser aplicados a partir da nossa grade no instituto, e nós vamos executar essa ação como forma de possibilitar uma fonte de renda para o nosso público de Regeneração”, afirmou Maria de Fátima, da Diretoria do Instituto Animu’s.

O município teve um dia de ações, a iniciar com um café comunitário, bênção e consagração das instalações do instituto Animu’s e da ARC, além do Arrastão Cultural, que contou com a presença de grande público.

O professor de Capoeira e representante da ARC. Jailson Lacraia, considera que a parceria entre o instituto e a associação se deu em um momento importante para Regeneração. “O Instituto Animu’s chegou quando a gente estava precisando muito de um suporte. Esse evento surgiu do entendimento de que todos precisam de mais consciência, de que podemos lutar e nos doar para o próximo, fazendo o bem sem olhar a quem, mas sem esperar pelo outro”

Segundo informações, o Instituto Animu’s já atendeu mais de 400 jovens em Regeneração. A presidente Valdízia Borges explicou ao Somos Notícia a finalidade da Organização Não Governamental (ONG) no município.

“Já estamos assistindo jovens, crianças e adultos na Educação e geração de emprego, pois a renda abre portas, caminhos e convicções. Estamos em parceria com a ABRAC da ARC que já atendeu mais de 3 mil pessoas entre crianças, jovens e adultos e idosos. Nós do instituto Animus já atendemos em três meses mais de 400 pessoas. Nesse Arrastão Cultural estamos acenando paras pessoas, pois só haverá progresso e paz se houver a participação de todos”, afirmou a presidente do instituto Animu’s, Valdízia Borges.

Fotos e vídeos: Leomar Duarte e Gisele Duarte | Somos Notícia

Publicidade

Publicidade