Mais de 200 pacientes já foram recuperados da Covid-19 no Hospital de Picos

WhatsApp
Twitter
Telegram
Facebook

O Hospital Regional Justino Luz, em Picos, bateu a marca de 208 pacientes recuperados da Covid-19, segundo o boletim epidemiológico emitido pelo hospital nesta quarta-feira (26). No total, já foram admitidos 321 pessoas na área Covid, que atualmente conta com 11 internados em UTIs e 12 na enfermaria.

Segundo a diretora técnica da Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh), Nara Nunes, mesmo com o aumento da interiorização da doença nas últimas semanas, que acarretou uma alta nos casos que necessitam das unidades de terapia intensiva, o número de óbitos mantém-se estável, com um índice dentro das probabilidades calculadas. “Nos últimos sete dias, a média foi de um óbito por dia, sendo que na última terça-feira, não tivemos nenhum falecimento por conta da Covid”, comenta.

A diretora explica que devido à flexibilização do isolamento na região, já era esperada uma variação na quantidade de internações graves e que tem acontecido uma oscilação no número de pessoas que carecem de UTI, mas que mantém-se uma média de 12 pacientes internados nessas unidades na última semana. “Estamos um pouco acima dos 50% da capacidade de acolhimento nas UTIs do hospital, que conta com 20 leitos exclusivos para Covid, mas dentro do previsto”, conta Nara.

Para o diretor técnico do Hospital Justino Luz, Tércio Luz, o índice elevado de altas hospitalares é reflexo do processo assertivo de atendimento do hospital. “Em pleno pico epidemiológico da Covid na região de Picos, em uma situação de alta transmissibilidade pela flexibilização do isolamento social e onde notadamente, em todas as regiões do mundo, se observa aumento da mortalidade, foi bastante significativo o número de 108 altas registradas em praticamente 30 dias, somando um total de 208 altas, trabalho esse, que é uma vitória para todos que fazem parte do processo de cuidado ao paciente”, destaca.

O presidente da Fepiserh, Pablos Santos, analisa os dados e alerta para a necessidade de manter as medidas de proteção e distanciamento social para evitar um possível colapso no sistema de saúde do município. “Desde o início da pandemia, estruturamos o Hospital Justino Luz para atender a demanda de toda macrorregião, que abrange 42 cidades e mais de 500 mil habitantes. Estamos conseguindo atender à todos, mas precisamos conter o aumento dos casos e para isso, necessitamos da cooperação de toda a população”, ressalta o gestor.

Repórter: David Carvalho

Receba nosso conteúdo

Related Posts

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms below to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist