Press "Enter" to skip to content

Suspeito preso em São Francisco do MA confessa que matou namorada de 15 anos em Palmeirais

O suspeito que foi preso em São Francisco do Maranhão no último domingo (09), apontado como autor do crime da namorada de 15 anos em Palmeirais, confessou o crime à polícia durante o depoimento nessa segunda-feira (10).

A vítima, identificada como Antônio da Silva do Carmo, foi morta no último sábado (08). Ela foi achada morta em um matagal próximo à sua residência.

Segundo informações da Polícia os dois estavam juntos há cerca de seis meses. O delegado Thiago Silva está à frente das investigações. Ele disse que o suspeito alegou ter cometido o crime por ciúmes. “Ele confessou e apresentou como motivação o fato dela, supostamente, estar o traindo. Então, ele colocou como motivação, basicamente, a traição e os ciúmes”, disse ao G1/PI

Durante o interrogatório ele também afirmou que o relacionamento dos dois era marcado por diversos desentendimentos. “Não existia nenhuma denúncia anterior por parte dela. Mas, ele consta no interrogatório dele que o relacionamento foi marcado por ciúmes de ambos os lados”, acrescentou o delegado.

O suspeito foi preso um dia após o crime na comunidade Macapá, zona rural de São Francisco do Maranhão. Aação contou com a participação da Polícia Militar dos dois municípios. O suspeito foi reconhecido de abordado pela polícia franciscoense. Ele, segundo o delegado, estava com a arma que foi usada no momento do crime.

“Tanto a Polícia Civil como a Militar estavam em diligências. Como a equipe é pequena, os policiais se dividiram e a PM localizou ele na cidade de São Francisco, no Maranhão, no Povoado Macapá. Lá, ele estava com a arma de fogo que ele utilizou para matar a vítima”, afirmou.

O preso foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina e, em seguida, para a delegacia de Nazária. Finalizando, o delegado informou que o suspeito possui passagens pela polícia e que uma delas teria sido por atentado a uma viatura da polícia. “Ele responde a alguns procedimentos policiais, entre eles um TCO em razão de ter atirado uma pedra em uma viatura policial em Palmeirais”, revelou.

WhatApp & Facebook
  •  
  •  
  •  

Publicidade | Somos Notícia

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *