Na zona rural de Olho D’água do Piauí, um adolescente de 13 anos – estudante do 7º ano do Ensino Fundamental, identificado como José Caíque, pedala todos os dias para conseguir conectar o telefone à internet para participar das atividades online da escola.

A família enfrentou uma série de dificuldades para permitir que o menino participasse das atividades da escola com a volta das aulas online do Ensino Público.

A escola anunciou que as aulas presenciais não seriam retomadas no segundo semestre, o que gerou uma preocupação em José Caíque e nos pais: “Vai ter que ser online, mas não tenho celular moderno com internet”, pensou a mãe Benedita Pereira. O jovem estudante recebeu um celular emprestado da tia para a realização das atividades.

Outra grande dificuldade era conseguir o acesso à internet. O único lugar onde pega o sinal de internet fica a 500 metros da casa do estudante. No local, o pai do garoto, Francisco Sobral, decidiu criar uma barraca de palha para proteger o filho do sol e do calor.

“Ele é um guerreiro. Eu não consegui estudar, tive quer ir para roça. Ele se esforça muito”, disse o pai de José ao G1/PI.

Foto: Reprodução/TV Clube
Foto: Captura de tela