Press "Enter" to skip to content

Em escola de Arraial do Piauí, professores e alunos participam de debate sobre aulas remotas

A Unidade Escolar Gonçalves Nunes, localizada no município de Arraial do Piauí, definiu como estratégia para as aulas remotas, integrar os seus estudantes nas discussões de como aplicar da melhor forma as atividades propostas.

O encontro presencial, realizado nas dependências da escola com a presença de professores e alunos devidamente protegidos, buscou discutir formas de evitar a evasão escolar, como explica a diretora da escola, Edinólia Silva. “O objetivo principal da reunião era ouvir os nossos alunos sobre as dificuldades de estudar à distância. Ouvir quais barreiras para assimilar conhecimentos através das atividades propostas pelos professores e também de afirmar nosso compromisso principal enquanto escola de não deixar nenhum aluno para trás”, disse.

Para que a reunião acontecesse de forma segura, a gestão escolar entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde para informar o encontro e tomar as medidas necessárias. “Solicitei a dedetização do espaço e a Secretaria de Saúde municipal nos atendeu, inclusive doando máscaras e vidros de álcool em gel, somando ao estoque que seria distribuído aos alunos e funcionários da escola. Tomamos todos os cuidados necessários a fim de evitar contato físico entre os presentes, sendo a reunião realizada a céu aberto na quadra da escola com amplo espaço e todos com máscara”, pontuou a gestora.

Com 175 alunos matriculados nas modalidades de Ensino de Jovens e Adultos (EJA) nos Ensinos Fundamental e Médio e Atendimento da Educação Especial (AEE), e com grande número destes residindo na zona rural do município, a escola entrou em contato, via grupos de WhatsApp e ligação, com os alunos e os responsáveis para convocar o encontro. “Estávamos receosos de que os alunos não fossem comparecer, mas para nossa surpresa tivemos um número bem expressivo de presentes. Em torno de 85% dos alunos que estavam sem devolver as atividades compareceram à reunião”, disse Edinólia.

Após professores e alunos ouvidos, ficou acordado que os estudantes terão novas oportunidades para buscar as atividades impressas e devolver em nova data limite; os grupos de WhatsApp continuarão ativos para aqueles que possuem internet, sem prejuízo aos que não possuem; a escola continuará fornecendo atividades e planos de estudo impressos e o aluno deve se comprometer a buscar e devolver as atividades seguindo cronograma estabelecido.

“Estamos, enquanto escola, fazendo o possível para evitar uma alta taxa de evasão escolar. Procuramos sempre meios para que as aulas remotas tenham resultados positivos. Terminada a reunião, tivemos um saldo com boa participação. Os alunos tiraram as dúvidas e alcançamos um resultado acima do esperado”, comemorou a gestora.

Repórter: Willame Lucas

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *