Menu...

25 de setembro de 2018

Secretário do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Amarante é agredido pelo filho do tesoureiro


Hospital de Olhos

A manhã desta quinta-feira, 6, foi marcada por muita turbulência no Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), em Amarante. O secretário geral, Leomar Duarte, foi agredido fisicamente pelo filho do tesoureiro José Pereira, que também é vereador pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Durante a sessão de agressões, o agressor, conhecido por Josué, afirmava com veemência que quem manda no sindicato é o José Pereira, seu pai. O fato foi presenciado por várias pessoas, dentre elas, sócios.

Além de outras condutas comprometedoras em relação à gestão da atual presidente Angela Sousa e do tesoureiro José Pereira, alguns problemas tiveram proporções maiores desde a filiação da sindicalista Luíza Neta na entidade, que não foi aceita pelo tesoureiro e pela presidente do STR, por temerem a sua candidatura nas próximas eleições em 2015. A intriga com o secretário se deu por considerarem que estaria havendo divisões de interesses políticos internas à entidade e que Leomar está se posicionando contra a postura incorreta do tesoureiro e de pessoas ligadas a ele.

Na tarde desta quarta-feira, 05, o secretário geral flagrou a presidente e a 2ª tesoureira, Deusilene Teles, revirando os arquivos da entidade, procedimento que compete apenas aos membros da secretaria. A atitude gerou suspeitas. Luiza Neta e Leomar Duarte temem que queiram o sumiço da ficha, numa tentativa de inviabilizar posteriormente a candidatura de Luíza Neta, que tornou-se sócia por aprovação em assembleia com registro em ata.

A vítima conta que recentemente Luíza Neta recebeu proposta de registro em carteira para deixar de ser sócia do STR, o que a impediria de lançar-se candidata nas próximas eleições.

Ainda na manhã desta quinta-feira, após o ocorrido, Luíza Neta recebeu um telefonema do tesoureiro José Pereira. Na ligação telefônica ele determina a sua demissão e que a mesma não deveria voltar mais ao Sindicato. Luíza Neta preferiu, no momento, não falar sobre o assunto para o portal Somos Notícia.

Leomar Duarte foi à Delegacia de Polícia de Amarante na manhã desta quinta-feira para registro do Boletim de Ocorrência. Orientado pelo delegado civil, Dr. Tomaz de Aquino, a vítima fez também exames de corpo de delito.

A Federação dos Trabalhadores em Agricultura do Piauí (Fetag) tomou conhecimento do ocorrido e se pronunciou. Segundo o presidente Evandro Luz o Conselho de Ética vai resolver o problema. “Eu quero apenas que o Leomar nos envie uma cópia do Boletim de Ocorrência para o Conselho de Ética tomar as providências”, disse ele.

Segundo Leomar Duarte, a orientação da Fetag é que, por questões de segurança, ele não compareça ao trabalho até o Conselho ter definido a situação.

Tags: , , , ,

Comente aqui

Nullam ut ipsum mattis adipiscing facilisis eget felis libero