Press "Enter" to skip to content

Em Amarante, novo secretário de Assistência Social, Chagas Silva, fala sobre as ações remotas durante a pandemia

Em Amarante, a Secretaria Municipal de Assistência Social mantém a continuidade dos serviços de convivência remotamente, por telefone ou WhatsApp. Trata-se de um planejamento adotado em razão do isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus. A proposta, segundo o órgão, é não deixar os usuários sem as atividades que já estavam em execução.

Em entrevista ao Somos Notícia, o novo secretário de Assistência Social, Chagas Silva, afirmou que as ações remotas estão dando certo e que o atendimento presencial somente acontece em situações de extrema necessidade.

“O atendimento presencial ocorre apenas em casos de denúncia, é quando vamos na casa do assistido para um acolhimento melhor de modo presencial. Nós dispomos de uma equipe muito boa, pronta a atuar conforme a necessidade dos nossos usuários”, disse ele.

Reinventar-se para atender remotamente às demandas tem sido, segundo o secretário, um importante desafio às equipes, que têm recebido o apoio necessário das famílias em tempos de isolamento social.

“O retorno das famílias tem sido muito positivo. Tivemos que nos reinventar para levar on-line (por meio dos orientadores) informações educativas, orientações, campanhas educativas, vídeos com diversas temáticas, atividades físicas em casa, saúde mental, alimentação saudável, afetividade em família; atividades psicomotoras, leitura de livros, desenhos, musicalização, confecção de brinquedos com material reciclável”, completou.

Ainda em entrevista ao site, o secretário falou do desejo dos idosos pela retomada das atividades presenciais. “Eles querem a presença, querem tocar, brincar, conversar. Entendemos perfeitamente esse sentimento, mas, por enquanto, precisamos obedecer aos protocolos necessários para o enfrentamento ao novo coronavírus. Essa decisão de muita cautela é necessária e não nos dá previsão de quando serão retomadas as atividades.”

Chagas Silva tomou posse como secretário municipal de Assistência Social no dia 25 de junho em substituição à esposa do prefeito Diego Teixeira, Ana Tércia Carvalho, que, por necessidades superiores, precisou deixar o cargo. “Graças a Deus fui bem recebido por todos. Nossa proposta é dar continuidade ao grande trabalho que já vinha sendo feito pela ex-secretária Ana Tércia, o que representa um grande desafio. Estou aqui para somar e, sem dúvida, vamos obter êxito em nossa missão social”, finalizou.

Atualmente, 579 participantes de oficinas e grupos são beneficiados diretamente por meio de ações da Assistência Social: Idosos (152), Programa Criança Feliz (200), Judô (65) Capoeira (24), Dança (18), Música (13) e Balé (107).

Fotos: Leomar Duarte | Somos Notícia

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *