Menu...

20 de setembro de 2018

Sem concurso público há 9 anos, jovens de Amarante buscam chances em outros lugares


Hospital de Olhos

Há mais de oito anos o município de Amarante não realiza um concurso público. O fato tem chamado a atenção de jovens estudantes e provocado ampla discussão entre adolescentes concurseiros nas redes sociais. Segundo eles, é necessário que a administração pública conceda oportunidades de remuneração justa por meio de um novo certame.

O propósito, de acordo com a classe concurseira, é que não haja indicações políticas, a exemplo do hospital de Amarante, que ultimamente tem sido alvo do Ministério Público “pela oferta de emprego visando unicamente o voto”, segundo aponta o promotor de Amarante Dr. Afonso Aroldo Feitosa Araújo em seu parecer sobre a demissão dos servidores do hospital Dr. Francisco Ayres Cavalcante no início de abril de 2015.

O Ministério Público, na ocasião, encaminhou um ofício à direção da instituição, visando a instauração de um procedimento investigativo de inquérito civil acerca de possível compra de votos no hospital.

Em 2003 foi realizado no município um concurso público, na gestão do médico Dr. João de Miranda Peixoto. Posteriormente, em 2006, foi realizado o último certame, na gestão do ex-prefeito Helcias Lira, completando assim, 9 anos, ou seja, são dois mandatos do atual prefeito, sem novo concurso.

“Já se transformou em um descaso absoluto com a população, pois toda cidade tem um concurso, menos a nossa!”, afirmou Sandra Ferreira, residente no bairro Escalvado.

Ela atribui a saída de moradores de Amarante à tentativa de encontrar oportunidades fora do município. “Não só adolescentes, mas a população em geral tem saído da nossa cidade por falta de concurso público. Aqui o emprego está difícil, e eles saem em busca de algo melhor por falta de oportunidade.”

O jovem Dallysson Freitas, residente no centro da cidade, afirma que esse assunto sequer é lembrado pelos gestores municipais. “Precisamos sim de um concurso público, mas para isso, precisamos que as autoridades se lembrem que estamos sem concurso há 9 anos.”

A estudante Flávia Nanda é um dos exemplos citados. Ela vai a Floriano para realizar seus estudos e está prestes a concluir o curso de Biologia pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). Com uma única frase a estudante expressa seu sentimento em relação à falta de oportunidades no município. “Eu realmente fico indignada com o que está acontecendo com Amarante”.

O portal Somos Notícia estabeleceu contato por três vezes com a Prefeitura Municipal de Amarante, mas não obteve nenhuma resposta sobre a não realização de concurso público nos últimos 9 anos da atual gestão.

Edição e postagem: Denison Duarte

Tags: ,

Comente aqui

accumsan dolor. luctus efficitur. dapibus facilisis odio fringilla suscipit