Press "Enter" to skip to content

Finalizado em 3 a 2 o julgamento que cassou os mandatos do prefeito de Amarante e do vice

O julgamento de cassação de Luiz Neto e Clemilton Queiroz, prefeito de Amarante e vice, respectivamente, foi concluído nesta terça-feira em 3 votos a 2, resultado que confirma que ambos estão cassados pela Justiça Eleitoral.

O juiz José Wilson, que havia pedido vista do processo para então efetivar o seu voto, decidiu pela não cassação do prefeito. Outro voto em favor dos acusados foi o do juiz Dr. Deoclécio, voto modificado no segundo e último momento do julgamento.

Sobre os cassados, pesavam as acusações de abuso de poder político, autoridade, abuso de poder econômico, captação ilícita de sufrágio (compra de votos), conduta vedada a agente público e improcedência.

Os resultados do processo recaíram também sobre Reginado José Vilarinho, candidato a vereador no município de Amarante em 2012; Emília Ayres Ribeiro de Santana, da Secretaria Municipal de Assistência Social; Kelly Cristiane de Sousa Rodrigues, assistente social; e José Reinaldo de Sousa, da tesouraria do município. Todos os envolvidos foram apontados pelo TRE como integrantes do esquema de compra de votos entre outras irregularidades.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *