Menu...

14 de dezembro de 2018

Prefeitura de Amarante garante ano letivo a alunos de comunidades isoladas após rompimento de passagem molhada


Hospital de Olhos

Por causa do rompimento da passagem molhada da comunidade Prata, na zona rural de Amarante, nessa terça-feira (4), a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, foi à Unidade Escolar Sátiro de Castro, da Emparedada, com o objetivo de evitar que alunos das localidades Prata e Gaivotas sejam prejudicados neste final de ano letivo.

De acordo com a supervisora de Ensino do município, Ivonete Almeida, são aproximadamente 20 alunos das comunidades Prata e Gaivotas que ainda precisam fazer as avaliações finais para o encerramento do ano letivo.

“Eles não serão prejudicados. Se por ventura, não houver como irem à escola na Emparedada, nós vamos dar um jeito de aplicar a prova nas duas localidades onde eles moram”, disse ela.

O prefeito Diego Teixeira comunicou no seu perfil a ação da secretaria de Educação. “Os servidores estiveram com a diretora da Unidade Escolar para, juntos, encontrarmos uma solução de modo que nossos alunos que moram nas comunidades que estão isoladas (Prata e Gaivotas) possam concluir o ano letivo sem dificuldade.”

O rompimento da passagem molhada na comunidade Prata aconteceu durante forte chuva ocorrida nessa terça-feira em Amarante. Além das duas comunidades do município, outras três localidades de Francisco Ayres ficaram também isoladas, que foram Belmonte, Boa Vista e Buriti Grande.

Fotos: Secretaria Municipal de Educação

passagem molhada amarante

Tags:

Comente aqui

nec ipsum commodo Aliquam non porta. tristique eleifend Donec elit. neque. Aenean