Menu...

20 de setembro de 2018

Em vídeo, preso diz não se arrepender de ter matado anão de Amarante e fala sobre abuso sexual


Hospital de Olhos

Preso sob suspeita de assassinar o anão de Amarante, Luís Bispo de Oliveira, 18, fala friamente sobre os momentos que antecederam ao crime bárbaro cometido no domingo, 26.

Ele faz declarações muito fortes e dá detalhes da roupa que usava na noite do crime, que ainda está guardada suja com o sangue do anão: “A roupa era um calção verde, e ainda está sujo (de sangue).”

Questionado pelos policiais se alguém o ajudou, ele responde: “Eu juro que estava sozinho. Não tinha ninguém, eu quero cegar como não tinha ninguém! Eu não estou arrependido do que fiz!”

O corpo do anão de Amarante, identificado como Erisnaldo Gonçalves dos Santos, 31, estava nu quando foi encontrado quase 72h depois do crime, nas águas do rio Parnaíba, a 20 Km de Amarante, sentido Palmeirais.

Ao encontrarem o corpo, moradores da comunidade Canavieiras acionaram os familiares, que entraram em contato com o Instituto Médico Legal (IML), de Teresina, para remoção e exames.

Inicialmente Luís Felipe Nega que tenha mantido relações sexuais com a vítima. Pressionado, ele confirma que a relação sexual aconteceu antes do assassinato. “Eu já tinha conversado com ele.”

O VÍDEO É IMPRÓPRIO PARA CRIANÇAS POR CONTER TERMOS FORTES

[tube]http://www.youtube.com/watch?v=yfSPj_MxlEU[/tube]

O vídeo tem se espalhado em grupos no WhatsApp, causando tristeza e revolta aos usuários do App.
printwhats2

printwhats1
Edição e postagem: Denison Duarte

Tags: , ,

Comente aqui

luctus elit. dictum efficitur. odio ante. ultricies mi, quis at Sed non